O mau hálito do cachorro pode indicar doença

Quem tem um cachorro sabe que conviver com eles faz muito bem para o corpo e alma. Porém, mesmo o mais apaixonados por seus animais pode…

Quem tem um cachorro sabe que conviver com eles faz muito bem para o corpo e alma. Porém, mesmo o mais apaixonados por seus animais pode se incomodar com o mau hálito do bichinho. A chamada halitose pode ser o resultado da presença de bactérias contidas na boca, pulmões ou intestino do seu animal. Isso pode indicar a presença de algo mais grave.

Odor vindo da boca do cão pode indica doença (Foto: Divulgação)

Causas mais comuns do mau hálito do cão

Mau hálito do cachorro é sinal de infecção. Em alguns casos, o animal está sofrendo tanto a ponto de não conseguir comer. As causas mais comuns desse mal são doenças da gengiva, especialmente se o problema atingir animais de pequeno porte, pois eles são mais predispostos a placas bacterianas e tártaro. O hálito ruim também pode estar relacionado a patologias na boca, no sistema respiratório, no trato gastrintestinal e em outros órgãos.

Escove os dentes do seu animal de estimação

Animais velhinhos podem ter mau hálito também, e para inibir esse cheiro ruim vindo da boca, você pode investir na escovação dos dentes, ao menos uma vez no dia. Se com isso não resolver ou amenizar o mau hálito do cão procure um especialista para verificar o que está acontecendo com o animal de fato.

Esteja pronto para responder perguntas sobre hábitos alimentares, higiene, exercícios e comportamento. É possível que exames laboratoriais também sejam necessários.

Escove o dente do seu cão (Foto: Divulgação)

Mais dicas de prevenção do hálito do seu cachorro

1. Leve seu cão ao veterinário com frequência. Só assim o especialista poderá verificar se existe anormalidades que causam o mau hálito;

2. Peça para o veterinário fazer uma avaliação bucal do cão;

Leia Também:  Mordida de cachorro: o que fazer

3. Aposte na ração de qualidade e fácil digestão;

4. Escove os dentes de seu cachorro todos os dias;

5. Utilize produtos pet, pois os de humanos não são apropriados;

6. Compre brinquedinhos para o animal que facilitem a limpeza natural dos seus dentes (ossos feitos de corda ou nylon; brinquedos feitos de corino enriquecido com enzimas);

7. Escovas de dentes de humanos não são recomendadas para uso nos cães.

 

Top