Neonazista descobre em programa de TV que é 14% negro

Um homem, que lidera um grupo neonazista, em prol da transformação da cidade do Estado americano de Dakota do Norte em um “enclave branco”,…

Um homem, que lidera um grupo neonazista, em prol da transformação da cidade do Estado americano de Dakota do Norte em um “enclave branco”, odiou saber o quanto negro ele pode ser. O extremista recebeu a notícia de que parte de sua herança genética é vinda dos negros.

Neonazista fica sem jeito em frente as câmeras (Foto: Divulgação)

Craig Cobb foi convidado a fazer parte de um talk show britânico quando soube que ele não é 100% branco, como prega por aí. Um teste de DNA realizado com ele apontou que 14% de traços da África Subsaariana estão em sua genética.

Momento da revelação sobre a genética do homem neonazista

O ponto alto desse programa de televisão foi quando a apresentadora falou que Craig Cobb era “86% europeu”, a outra convidada do programa não controlou o seu riso. A moça negra parecia se divertir muito com a informação previsível: o supremacista era 14% negro.

Quando Trisha Goddard, a apresentadora do programa, terminou de ler o resultado do teste de DNA o homem ficou muito espantado e disse: “Espera um pouco”, e parou pasmo. Como resposta a apresentadora disse  “você tem um pouco de negro dentro de você!”.

Apresentadora tira onda com neonazista que descobre que é em partes negro (Foto: Divulgação)

Vídeo mostra reação de neonazista

O vídeo hilário mostra como uma pessoa pode ser colocada conta as suas convicções, mesmo sem achar que isso é possível. A convidada negra não parava de rir, enquanto Trisha começou a brincar com Cobb, que por sua vez ficou meio sem saber como agir. Ela levantou da sua cadeira e disse: “Hey, Brou”, e fechou o punho para tentar cumprimentá-lo.

A reação da plateia foi a melhor parte, pois as pessoas que presenciaram o acontecimento aplaudiram de pé. Foi muito divertido para quem assistia o programa, mas certamente não foi legal para o homem que era o motivo da chacota. Não sabe-se o quanto o neonazista nato vai mudar com tudo isso, ou se ele vai refletir sobre suas convicções racistas, mas o programa de televisão provou que todos temos descendência mista, de algum modo.

Veja a seguir o vídeo que mostra neonazista descobrindo que tem parte da genética dos negros:

 


Top