Mulheres preferem qualidade de vida a salários altos

De acordo com uma pesquisa divulgada no dia 1° de março, pela rede social LinkedIn, local onde internautas compartilham seus perfis profissionais. O portal…

De acordo com uma pesquisa divulgada no dia 1° de março, pela rede social LinkedIn, local onde internautas compartilham seus perfis profissionais. O portal eletrônico mostra que o público feminino está mais preocupado com qualidade de vida do que com aumento de salário. Entre as cinco mil profissionais avaliadas pelo levantamento, que faziam parte de 13 países, 63% definem sucesso como equilíbrio perfeito entre trabalho e vida pessoal. A grande maioria das mulheres brasileiras (85%) é ainda mais otimista e diz que as mulheres podem sim “ter tudo”, carreira de sucesso e vida pessoal com qualidade.

Leia mais sobre: Vagas de emprego para gestante 2012

Mulheres tentam equilibrar carreira com qualidade de vida (Foto: Divulgação)

Pesquisa mostra mudança de comportamento entre as mulheres

O levantamento revela uma mudança de comportamento das mulheres que, em estudos realizados há cinco e dez anos, davam mais importância ao salário do que ao estilo de vida levado. Agora, sucesso para o público feminino também significa “ter um trabalho interessante”, como 58% das entrevistadas disseram.

Porém, mesmo tendo uma certa preocupação com a carreira, no Brasil, 83% das mulheres falaram que buscam flexibilidade no trabalho, mais até do que “oportunidades de liderança”. “As profissionais modernas não estão lutando apenas por altos cargos e salários mais altos. Elas estão muito mais propensas a definir o sucesso como ter um trabalho gratificante e por ter a capacidade de equilibrar com êxito trabalho e vida doméstica”, afirmou a porta-voz do LinkedIn no Brasil, Danielle Restivo.

Saiba mais sobre: Empregos para gestantes SP

Mulheres no mercado de trabalho estão mais atentas a qualidade de vida (Foto: Divulgação)

Mulheres brasileiras preocupam-se menos com aparência física para ser boa profissional

Apesar de o Brasil ser o terceiro país do planeta em consumo de artigos para a beleza, ficando atrás somente dos Estados Unidos e do Japão, mais de 75% das mulheres participantes da pesquisa afirmaram que a aparência é irrelevante para a carreira. Já em países como Alemanha e Cingapura, por exemplo, a preocupação com o look é mais importante. Nesses países o levantamento mostrou que ficar bonita é essencial, na opinião feminina, para conseguir conquistar boas colocações no mercado de trabalho.

Continuar Lendo  Produtos de beleza para as unhas

Top