Dicas para se bronzear mais rápido

Com a chegada da temporada de férias é possível curtir mais os dias quentes e aproveitar o sol forte para conquistar aquele tom dourado…

Com a chegada da temporada de férias é possível curtir mais os dias quentes e aproveitar o sol forte para conquistar aquele tom dourado tão desejado. Entretanto, se expor de maneira inadequada e sem proteção pode resultar em sérios problemas para a saúde e, na melhor das hipóteses, em um bronzeado não uniforme e pouco durador.

Conquistar um brozeado uniforme e duradouro pode não ser tão difícil quanto parece. (Foto: divulgação)

Não é proibido tomar sol, mas é indispensável tomar uma série de precauções que garantem a saúde da pele e previnem problemas frequentes da exposição da pele ao sol. Através de algumas medidas simples é possível conquistar uma cor maravilhosa, sem colocar a saúde em risco. Confira dicas para se bronzear mais rápido e de maneira duradoura e eficiente.

Saiba como manter o bronzeado por mais tempo.

Filtro solar

O filtro solar é de uso obrigatório para todo mundo que vai se expor ao sol. O ideal é que o produto seja aplicado cerca de 30 minutos antes de deitar ao sol para se bronzear, devendo ser reaplicada após os mergulhos ou sempre que a pessoa achar necessário. É muito importante não esquecer regiões como o dorso das mãos e pés, lábios e pescoço, que acabam ficando para trás.

Aprenda a maneira correta de usar bronzeador.

Bronzeamento gradual

Tentar conquistar a cor do verão logo no primeiro dia de férias é uma coisa que não dá certo e os resultados podem ser catastróficos. É preciso entender que a cor dourada só começa aparecer depois de 48 a 72 horas da primeira exposição solar, que corresponde ao tempo que a melanina demora para ser produzida e liberada na pele.

Leia Também:  Dicas de maquiagens para negras

O bronzeamento gradual, procurando evitar o sol entre as 10 e 16 horas, que apresenta maior concentração de raios ultravioletas do tipo B, é uma maneira simples e eficiente de evitar queimaduras e garantir um bronzeado mais duradouro.

Os seis fototipos de pele propostos por Fitzpatrick. (Foto: divulgação)

Respeite as limitações da pele

Dependendo do tipo de pele, não adianta exagerar ao sol, pois é quase impossível terminar as férias com uma cor dourada. Existe uma classificação dos fototipos de pele, proposta por Fitzpatrick, que deve ser respeitada. Confira:

Tipo de pele              Descrição

Tipo I                          Pele muito clara, sempre queima, nunca bronzeia;

Tipo II                         Pele clara, sempre queima e, algumas vezes, bronzeia;

Tipo III                        Pele menos clara, às vezes queima e sempre bronzeia;

Tipo IV                       Pele morena clara, raramente queima e sempre bronzeia;

Tipo V                        Pele morena escura, nunca queima e sempre bronzeia;

Tipo VI                       Pele negra, nunca queima e sempre bronzeia.

É importante conhecer a própria pele e respeitar suas limitações, pois indivíduos Fitzpatrick tipo I nunca irão conseguir ficar morenos, por mais tempo que possam ficar ao sol.

Alimentos ricos em betacaroteno

Para dar uma forcinha ao organismo, uma boa dica é procurar ingerir alimentos ricos em betacaroteno, que ajuda a ativar o bronzeado, aumentando a produção de melanina. Esse tipo de nutriente pode ser encontrado na cenoura, abóbora, mamão, melão, batata doce, couve, repolho, espinafre, agrião e brócolis.

Aprenda a maneira correta de tomar as cápsulas de betacaroteno.

Optar por alimentos ricos em betacaroteno ajuda a acelerar o bronzeamento. (Foto: divulgação)

Conquistar o tom de pele desejado não é uma tarefa fácil, mas algumas medidas simples podem ajudar a se bronzear de uma forma saudável, sem colocar a saúde da pele em risco, além de ser mais duradoura e uniforme.

Leia Também:  Tratamento caseiro para herpes labial

Top