Mastectomia: como superar

A palavra câncer é vista com grande medo pela sociedade. Isso porque ela está intimamente ligada a graves problemas de saúde, assim como emocionais.…

A palavra câncer é vista com grande medo pela sociedade. Isso porque ela está intimamente ligada a graves problemas de saúde, assim como emocionais. O câncer de mama é um dos tipos de câncer mais frequente entre as mulheres. Devido as suas características agressivas e infiltrativas, podem levar médicos a realizarem condutas radicais. Uma delas é a retirada total da mama, chamada mastectomia. Como resultado, muitas mulheres se tornam traumatizadas, podendo desenvolver problemas psicológicos. Tendo isso em vista, saiba como superar a mastectomia.

Aprenda a identificar o câncer de mama.

O câncer de mama acomete um grande número de mulheres anualmente. (Foto: divulgação)

Dados do câncer de mama

Segundo especialistas, o câncer de mama é uma das maiores causas de morte por doenças malignas entre as mulheres. Além disso, ocupa o segundo lugar em relação a incidência no sexo feminino. Devido a esses dados alarmantes, ele se tornou uma das maiores preocupações para as mulheres. A Organização Mundial da Saúde estima que, cerca de 1.000.000 de casos novos surgem em todo o mundo, se tornando um problema para a saúde pública.

Conhecendo os fatores de risco para o câncer de mama

Como o câncer de mama é um problema muito comum entra as mulheres. Nada melhor do que conhecer os fatores de risco relacionados ao seu desenvolvimento. Conheça abaixo quais são eles:

  • Mãe ou irmã com câncer de mama na pré-menopausa;
  • Mãe e irmã com câncer de mama na pós-menopausa;
  • Mulheres que nunca engravidaram;
  • Primeira menstruação precoce;
  • Menopausa tardia;
  • Primeira gestação de termo depois de 34 anos;
  • Obesidade;
  • Sedentarismo;
  • Ingestão excessiva de bebida alcóolica;
  • Terapia com reposição hormonal por mais de 5 anos.
Leia Também:  Pacote de viagens Turquia 2012: ofertas, melhor preço

Mama – símbolo de feminilidade

A mama não corresponde a apenas um aspecto físico para a mulher, ela também é vista com um símbolo de feminilidade. Dessa forma, é motivo de orgulho para a mulher e admiração pelos homens. Isso tudo traz um significado afetivo e psicológico para essa parte do corpo. O câncer é uma palavra muito forte e que envolve muito medo na população geral. Assim, quando o assunto é câncer de mama, ele manifesta uma mistura de medo e angústia, afinal, ele afeta uma parte muito valorizada no corpo feminino.

A mastectomia é uma forma de tratamento contra o câncer de mama. (Foto: divulgação)

 Tratamento radical

Até o momento, o tratamento mais comum e eficaz do câncer de mama, é a retirada da mama comprometida. A depender do caso, o médico pode optar em realizar:

  • Quadrantectomia – remoção de 1\4 da mama;
  • Lumpectomia – remoção do tumor e de pequena região ao redor.

Através da realização de uma mastectomia conservadora, os resultados em termos de melhor efeito estético é muito mais aceitado pelas mulheres. Vale ressaltar que a escolha do tratamento ideal dependerá:

  • Idade da paciente;
  • Localização do tumor;
  • Tamanho do tumor;
  • Disponibilidade financeira;
  • Análise da mamografia.

Maior assistência emocional

Com certeza, uma das consequências mais graves do câncer de mama, é a mastectomia. Ela abrange o aspecto íntimo, feminino e emocional da mulher, aliados ao desconhecimento da doença. Devido a isso, a experiência pode ser menos traumática e superada gradualmente, se houver o apoio dos profissionais de saúde. Assim, é de extrema importância que exista um acompanhamento de perto e multiprofissional para a experiência seja superada.

Após a mastectomia, a mulher deve ter um acompanhamento multiprofissional adequado. (Foto: divulgação)

O câncer de mama é uma das doenças que mais afetam as mulheres. Geralmente, seu tratamento é muito agressivo, trazendo graves consequências a vida da mulher, incluindo aspectos emocionais. Com certeza, é um problema que deve ser acompanhado por muitos profissionais, uma forma de dar apoio e atenção àquelas que realizaram mastectomia.

Leia Também:  Risoto de abobrinha

Conheça as dicas de prevenção para o câncer de mama.

Top