Fumar um cigarro por dia dobra a chance de morte entre mulheres

Mulheres que fumam pouco, mesmo sendo apenas um cigarro por dia, tem risco dobrado de morrerem subitamente. O dado faz parte de uma pesquisa…

Mulheres que fumam pouco, mesmo sendo apenas um cigarro por dia, tem risco dobrado de morrerem subitamente. O dado faz parte de uma pesquisa feita nos Estados Unidos que comparou o hábito de fumar moderadamente, com a vida de quem não fuma. O estudo analisou a saúde de 101 mil enfermeiras americanas durante mais de três décadas.

Leia mais sobre: Mulheres que abandonam o Cigarro vivem até 10 a mais 

Mulheres que fumam, mesmo que pouco, tem o dobro de chances de morrer repentinamente (Foto: Divulgação)

Dados da pesquisa que relaciona a mortalidade feminina com o cigarro

Durante o levantamento de informações para a pesquisa, realizada por cientistas da Universidade de Alberta, no Canadá, e publicada na revista da American Heart Association, aconteceram 315 mortes súbitas causadas pela parada inesperada do coração.

Pessoas com 35 anos ou menos que morrem por esse motivo geralmente tem histórico de doenças cardiovasculares na família. Mas, as pessoas com idade acima de 35 anos, como no caso da maioria das enfermeiras estudadas, a morte pode ter sido causada pelo entupimento de artérias do coração devido a depósitos de gordura.

Saiba mais sobre: Dicas de cuidados para mulheres grávidas

Do total de mortes súbitas registradas durante o estudo, 75 vitimaram mulheres que ainda fumavam, 148 entre participantes que tinham parado de fumar (recentemente ou não) e 128 entre pessoas que nunca fumaram.

Mulheres que ficam 20 anos sem cigarro voltam a ter boa saúde (Foto: Divulgação)

Mulheres que fumam tem o dobro de chances de morrer, diz pesquisa

Após levar em consideração outros fatores de risco para o coração, como pressão e colesterol alto, além de histórico familiar de problemas cardíacos, Roopinder Sandhu, que liderou o estudo, descobriu que mulheres que fumavam tinham o dobro de chances de morrer subitamente mesmo se fumassem entre um e 14 cigarros por dia. A cada cinco anos contínuos de vício o risco aumenta em 8%.

Leia Também:  Paisagismo para a fachada da casa: dicas

Mulheres que abandonam o vício por 20 anos retomam saúde

O lado positivo do estudo é que as mulheres que param de fumar e não tem danos ainda na saúde, voltam a ter um fator de risco igual ao das que nunca colocaram um cigarro na boca. Para chegar nesse resultado é necessário ficar 20 anos sem consumir o cigarro. Fumar de vez em quando não vale e as deixa dentro do grupo de risco do mesmo jeito.

Top