sexta-feira, 2 de dezembro de 2022 - 02/12/2022 04:21:30
MundodasTribos

A Fimose infantil preocupa muitas mães, pois possuem dúvidas quanto ao que fazer perante um filho que possui fimose. Ao se deparar com uma situação como essa, iniciam-se os questionamentos. Estes vão desde como cuidar, até quando ou como tratar. Para que você saiba mais a respeito dessa patologia tão comum, separamos algumas informações.

Fimose infantil sintomas e tratamentos

Fimose infantil sintomas e tratamentos

O que este artigo aborda:

Fimose infantil

A fimose infantil é formada através do genital masculino. É formado pela cabeça chamada de glande, o corpo e a base. A glande é revestida pelo prepúcio que serve para protegê-la, por ser uma parte muito sensível.

Normalmente o prepúcio pode ser retraído, deixando a glande exposta. Quando dizemos que um menino possui fimose, é devido a dificuldade de retração apresentada pelo prepúcio. Isto ocorre quando alguma aderência da pele na glande ou o anel do prepúcio é muito estreito.

A fimose infantil em recém-nascidos é considerada fisiológica, regredindo com o avançar da idade. Caso ocorra a persistência, é necessário procurar um atendimento médico especializado.

Fimose infantil sintomas

Após estudos, foi comprovado que cerca de 90% dos meninos nascem com fimose, por ser a proteção natural da glande. A partir dos seis meses de idade, esse número tende a diminuir, prevalecendo em torno de 20%, já aos três anos de idade o número diminui ainda mais. Nessa época, menos de 10% da população de meninos apresentam fimose.

A prática de retração espontânea é contra indicada

Especialistas no assunto afirmam que se deve evitar a prática de exercícios de retração realizados à força. Estes são responsáveis em causar microtraumatismos, dor, inflamações e até mesmo sangramentos. Em muitos casos, os microtraumatismos podem piorar a condição da fimose, pois com o processo cicatrizante pode ocorrer um estreitamento ainda maior do anel.

Fimose infantil sintomas e tratamentos

Fimose infantil  tratamento pode ser feito com pomadas segundo apenas a orientação médica. (imagem ilustração)

Cuidados especiais com fimose infantil

É preciso que os pais tenham bastante cuidado ao manusear o órgão genital da criança portadora de fimose. Isto porque em alguns casos pode colaborar com:

  • Aparecimento de infecções do prepúcio e da glande, as denominadas balanopostites;
  • Causar traumas na criança, dificultando a manipulação do genital;

Vale lembrar que é preciso manter uma higienização do pênis do bebê até que consiga expor a glande. Porém, como foi anteriormente informado, durante essa tarefa não deve ser aplicada muita força.

Fimose infantil  tratamentos ambulatorial

Em alguns casos o médico responsável poderá orientar o tratamento da fimose infantil com o uso de cremes à base de corticoide. Este será aplicado no prepúcio em associação com algumas manobras indicadas pelo urologista.

É importante um acompanhamento médico cuidadoso.

Fimose infantil tratamentos com Indicação cirúrgica

A cirurgia para correção da fimose infantil é indicada nos seguintes casos:

  • Infecções do local de repetições – nesse caso a cirurgia realizada é bastante simples. É feito um descolamento da pele, com anestesia local.
  • Infecção urinária, dificuldade para urinar, acúmulo de esmegma (susbtância esbranquiçada que aparece na região da glande quando a higienização não é adequada) e fimose fibrótica (aparece após microtraumatismos) – perante essas situações a cirurgia de fimose (postectomia) está indicada. O procedimento é realizado sob anestesia geral, durando em torno de 30 minutos. Após a cirurgia a recuperação da criança é rápida, podendo ela voltar as suas atividades recreativas em três dias. Porém, alguns exercícios como jogar bola, correr, andar de bicicleta e praticar lutas é contra indicado.

A fimose é uma patologia muito comum entre os meninos, com mais incidência na faixa etária em torno dos 6 meses de vida. Na maioria dos casos, ela pode desaparecer espontaneamente.

Se ocorrer a persistência, o especialista terá dois caminhos para escolher: realizar o tratamento a base de cremes ou indicar cirurgia. A escolha dependerá da avaliação clínica do médico em questão. Assim, caso seu filho apresente fimose, procure um médico o quanto antes.

Este artigo foi útil?

Agradeçemos o seu feedback.

1

Pode ser do seu interesse

Sites para ouvir música online

Sites para ouvir música online

Cadernos Bandas de Rock

Cadernos Bandas de Rock

Cursos Técnicos IFMA 2011

Cursos Técnicos IFMA 2011

Vestibular Unisc 2013: inscrições abertas

Vestibular Unisc 2013: inscrições abertas

Pós-Graduação em Educação 2010 da UEPA

Pós-Graduação em Educação 2010 da UEPA

Programação ProUni 2012

Programação ProUni 2012