Fimose Feminina: o que é, tratamento

Fimose Feminina: o que é, tratamento

Fimose Feminina: o que é, tratamento

Editorial MDT 25/09/2013 Bem Estar

A sinequia, conhecida popularmente como fimose feminina, é um distúrbio que costuma ser encontrado em bebês e crianças de até dez anos. Saiba mais sobre esse problema, aprenda como identificar e entenda o que é a fimose feminina e qual seu tratamento.

A sinéquia é um problema mais comum em crianças de até 18 meses. (Foto: divulgação)

O que é a fimose feminina

 Também conhecido como coalescência ou fusão dos pequenos lábios vaginais, a sinequia nada mais é do que a aderência entre os pequenos lábios vaginais. Normalmente mais encontrada em crianças de até 18 meses, as causas do problema ainda não são totalmente esclarecidas, mas sabe-se que está relacionada às baixas concentrações de estrogênio.

Esse hormônio é capaz de agir nas camadas da pele, favorecendo o fluxo sanguíneo da região. Na sua ausência o local acaba ficando mais susceptível à má cicatrização, que pode fazer com que os pequenos lábios se grudem. O problema pode ser desencadeado por infecções crônicas secundárias a problemas de higiene local, traumas na região ou dermatites, que causam lesões na pele e favorecem a cicatrização inadequada.

O exame físico pediátrico é essencial para o diagnóstico. (Foto: divulgação)

Como identificar o problema

Na maior parte dos casos pode ser difícil identificar o problema, especialmente por olhos não treinados, como o dos pais. Acontece que o tamanho da sinequia pode variar muito, e enquanto algumas meninas apresentam a aderência de uma pequena região, outras podem ter os pequenos lábios colados até a altura da uretra. Na maioria das situações, especialmente nos casos mais discretos, quem acaba percebendo a alteração é o médico, durante o exame físico de rotina.

Os pequenos lábios vaginais nas crianças, diferente do que acontece nas mulheres adultas, é mais internalizado, o que pode dificultar a visualização de alterações. Por isso a melhor dica para identificar precocemente esse tipo de alteração é levar a criança à consultas de rotina e procurar um médico mediante qualquer tipo de inflamação da região, capaz de desencadear a sinequia.

Tratamento para sinequia

A intervenção cirúrgica é reservada para os casos extremos, e na grande maioria das vezes não é indicada, pois são grandes as chances da criança apresentar recidivas do problema, que tendem a ser mais graves do que o episódio inicial.

O melhor tratamento para sinequia é baseado em uma massagem local com creme a base de estrogênio, que ajuda a desprender naturalmente os pequenos lábios. É muito importante que esse tipo de medicação só seja usada sob indicação médica, pois quando o hormônio é absorvido em doses ou períodos maiores dos que os recomendados, é possível que ocorra problemas secundários como pigmentação da região ou até mesmo pseudopuberdade precoce.

O problema pode passar despercebido pelo olhos dos pais. (Foto: divulgação)

A sinequia, também conhecida como fimose feminina, é um problema que afeta principalmente crianças de até 10 anos e pode ser causada por qualquer tipo de lesão ou inflamação da região genital. É muito importante identificar e tratar precocemente a criança, e por isso vale a pena conhecer mais a respeito do assunto.

Outros artigos

Marcas de Jeans Famosas

31/03/2011

Marcas de Jeans Famosas

Algo universal é vestir-se com um jeans. Homens e mulheres, de todas as classes sociais, estilos e jeitos, amam estar com um jeans. E ele serve para todos os tip...

Último eclipse total de 2012: fotos

14/11/2012

Último eclipse total de 2012: fotos

O último eclipse total de 2012 pôde ser assistido com perfeição no Nordeste da Austrália no começo da manhã desta quarta-feira (14). No Brasil, o fenômeno aconteceu ...

Mitos e verdades sobre diabetes

30/07/2015

Mitos e verdades sobre diabetes

Muitas pessoas sofrem com os problemas causados pela diabetes, doença que afeta uma grade parcela dos brasileiros. Um dos grandes problemas é que existem muitos mito...