Pomada para fimose: dicas

Pomada para fimose: dicas

Muitas mães possuem dúvidas do que fazer quando o filho possui fimose. Existem cirurgias e medicamentos que prometem resolver o problema. As pomadas são…

Por Editorial MDT em 19/05/2013

Muitas mães possuem dúvidas do que fazer quando o filho possui fimose. Existem cirurgias e medicamentos que prometem resolver o problema. As pomadas são os remédios preferidos pelas mães, evitando um procedimento cirúrgico na criança. A fimose é um problema muito comum nessa fase e deve ser tratada. Saiba mais sobre o assunto e confira dicas de pomadas para fimose.

A fimose acomete principalmente crianças. (Foto: divulgação)

Fimose

O pênis é formado pela glande (cabeça), pleo corpo e pela base. Ele é revestido por uma pele chamada prepúcio, que serve para proteger a glande, parte mais sensível do órgão. O prepúcio, quando puxado em direção à base, faz com que a glande fique exposta.

A fimose é a dificuldade de expor a glande. Esse problema pode ser causado por duas razões: porque o prepúcio ficou aderido à cabeça, devido alguma infecção local ou porque o seu anel é muito estreito e impede a passagem da cabeça. Nos recém-nascidos a fimose é normal (fisiológica), mas aos três anos de idade 90% dos meninos já não apresentam mais o problema. Acontece uma regressão da fimose.

Nos meninos em que o problema permanecer até os três anos de idade, o tratamento se faz necessário. É preciso conversar com o pediatra para definir qual a forma mais indicada para tratar a fimose em cada caso.

Veja também principais dúvidas sobre fimose 

Causas da fimose

As principais causas da fimose são:

  • Assaduras;
  • Cicatrizes que retraem a pele;
  • Estreitamento do anel do prepúcio;
  • Falta de higiene adequada;
  • Inflamações ou infecções.

    O médico deverá ser consultado para avaliar o caso. (Foto: divulgação)

Dicas de pomadas para fimose

Uma pomada criada por especialistas promete reduzir a necessidade cirúrgica de fimose em até 90% dos casos. O medicamento foi criado no Canadá e é muito utilizada em vários países.

O princípio ativo usado na medicação é betametasona, um derivado da cortisona. A substância atua como anti-inflamatório e dissolve as fibras ricas em proteínas que ligam a pele do prepúcio ao pênis. O uso da pomada é indicado para meninos que completam um ano de idade e não tem a liberação do prepúcio, ou em casos de infecções de repetição da pele.

É importante ressaltar que o uso indiscriminado desses remédios pode oferecer alguns riscos para a saúde da criança. Dessa forma, é necessário consultar o médico antes de iniciar qualquer tratamento para o problema.

A higienização do orgão genital da criança é a melhor forma de prevenir fimose. (Foto: divulgação)

Veja também fimose infantil, sintomas e tratamento 

A fimose é um problema que deve ser tratado, pois pode comprometer o órgão genital masculino. As pomadas são excelentes opções para tratar a fimose. Em muitos casos é necessária a intervenção cirúrgica para resolver o problema. A higienização do local é a melhor forma de evitar que a pele prepucial grude na cabeça do pênis. Os exercícios e as massagens para expôr a glande devem ser evitados, pois podem causar dor e sangramento, favorecendo ainda mais a formação da fimose.

Top