Filme retrata drama da boate Kiss em festival de cinema

Filme retrata drama da boate Kiss em festival de cinema

Filme retrata drama da boate Kiss em festival de cinema! No começo do ano passado, a organização do Festival de Cinema Brasileiro e Latino…

Por Élida Santos em 13/08/2014

Filme retrata drama da boate Kiss em festival de cinema! No começo do ano passado, a organização do Festival de Cinema Brasileiro e Latino já tinha recebido familiares das vítimas do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, Rio Grande do Sul, para um abraço solidário, como forma de demonstrar todo o apoio com relação ao que aconteceu naquela noite fatídica. No total, foram 242 mortos e 600 feridos na maior tragédia nacional com essas características e em uma boate. Em 2014 os pais dos jovens retornaram ao festival, mas dessa vez para apresentar o filme Janeiro 27.

Filme retrata drama da boate Kiss em festival de cinema (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Tragédia Na Boate Kiss Vai Virar Documentário

Filme retrata drama da boate Kiss em festival de cinema

Filme retrata drama da boate Kiss em festival de cinema de Gramado. O codiretor da produção, Luiz Alberto Cassol, disse que não era o tipo de filme que gostaria de ter feito, mas que foi necessário. Paulo Nascimento foi o diretor da produção e eles tiveram vários debates sobre como seria melhor retratar o que aconteceu naquela noite trágica. O filme foi feito para que a tragédia ficasse eternizada como uma forma de exemplo para que isso não aconteça mais.

Filme mostra tragédias similares ao da boate Kiss

O filme tem inicio dando informações não só sobre a boate Kiss, mas também sobre tragédias similares que aconteceram na Argentina (em Buenos Aires) e nos Estados Unidos. Janeiro 27 foi uma surpresa também como cinema. Nenhuma imagem de arquivo da destruição foi usada no filme, foram usados somente depoimentos. Os produtores do filme disseram que ele foi feito como forma de cidadania.

Coletiva de imprensa sobre o filme (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Boates Fechadas Pela Fiscalização

O filme foi feito para que seja usado como meio de conscientização e como forma de cobrança por algum ato de justiça com relação ao que aconteceu com esses jovens naquela noite de tragédia. O caso ainda está sob investigação e as responsabilidades estão sendo apuradas e devidamente delegadas para as pessoas que cabe a resolução do problema. As mortes continuarão como estatísticas, as pessoas que estavam na boate na noite em que tudo aconteceu vai permanecer com tudo na memória, mas o filme vai ajudar a conscientizar e a fazer com que mais pessoas não morram por causa desse problema.

Top