Febre Amarela

Febre Amarela

A febre amarela é uma doença perigosa, capaz de comprometer o organismo humano e desencadear uma série de sintomas típicos do seu mal. Causada…

Por Redacao em 09/04/2015

A febre amarela é uma doença perigosa, capaz de comprometer o organismo humano e desencadear uma série de sintomas típicos do seu mal. Causada por vírus, essa enfermidade é endêmica na América do Sul e na África, sendo responsável por fazer milhares de vítimas fatais ao longo das décadas.

Febre amarela. (Foto: Divulgação)

O Aedes Aegupti, mosquito transmissor da dengue, também é responsável pela transmissão da febre amarela nas áreas urbanas. Já nas matas, outro inseto contribui com a proliferação da doença, trata-se do Haemagogus e Sabethes. Tanto os casos de febre amarela nas cidades como os silvestres são perigosos.

Leia mais: Febre Amarela, Vacina, Sintonas, Diagnóstico, Prevenção

Febre amarela

Muitos casos de febre amarela já foram registrados no Brasil, principalmente na área endêmica. Assim que os primeiros sintomas forem identificados, é necessário procurar ajuda médica para fazer exames e obter um diagnóstico mais preciso. Quando a enfermidade é constatada nos seus primeiros dias, ela pode ser tratada.

Sintomas da Febre amarela

A febre alta é um dos sintomas. (Foto: Divulgação)

Uma pessoa contaminada por febre amarela desenvolve diversos sintomas, como calafrios, febre, insuficiência renal, dores no corpo, pele com cor amarelada, náuseas, vômitos, dores nas costas, entre outros. Dependendo da gravidade do caso, o doente pode apresentar quadros de hemorragias que afetam o funcionamento do organismo. A mortalidade acontece quando o coração ou o fígado param de funcionar.

O diagnóstico médico é essencial para iniciar tratamento, isso porque a doença costuma ser confundida com malária ou leishmaniose devido à semelhança dos sintomas.

A febre amarela é contagiosa?

Não há transmissão de febre amarela de um ser humano para o outro, o vírus depende do mosquito para se proliferar. É fundamental que as pessoas não deixem água parada em suas casas para combater a enfermidade, afinal, desse modo o Aedes Aegupti não terá condições de sobrevivência para transmitir dengue ou a febre amarela.

A transmissão do vírus acontece pela picada do mosquito Aedes Aegupti. (Foto: Divulgação)

Veja também: Armadilha caseira contra mosquito da dengue

Como prevenir febre amarela?

A melhor forma de evitar o contágio da febre amarela é através da prevenção, ou seja, a vacina gratuita aplicada em todos os postos de saúde do Brasil. Também vale à pena tomar alguns cuidados para evitar a proliferação do mosquito que transmite a doença, como não deixar água parada em casa.

Quem vai viajar para uma área de risco, deve tomar a vacina contra a febre amarela 10 dias antes para que a mesma tenha efeito a tempo. Recomenda-se, ainda, aplicar repelente e cobrir todo o corpo com roupas.

Tome a vacina da febre amarela. (Foto: Divulgação)

Tratamento da febre amarela

O tratamento da febre amarela consiste, basicamente, no controle dos sintomas. O paciente precisa contar com todo o suporte hospitalar para evitar que o seu quadro evolua e se torne mais grave. Para controlar a enfermidade, o médico recomenda hidratação e administração de antitérmicos. Nos casos mais severos da doença, o tratamento necessita de diálise e transfusão de sangue.

Assista ao vídeo para conhecer um pouco mais sobre a febre amarela:

Saiba mais: Tudo sobre a vacinação contra febre amarela

Ao identificar os primeiros sintomas de febre amarela, procure um médico o mais breve possível para receber tratamento adequado.

Top