Febre Amarela, Vacina, Sintonas, Diagnóstico, Prevenção

Doença Febre Amarela Faz alguns dias que esta notícia está sendo alertada em todos país, a Doença febre amarela é uma doença infecciosa, causada…

Doença Febre Amarela

Faz alguns dias que esta notícia está sendo alertada em todos país, a Doença febre amarela é uma doença infecciosa, causada pelo vírus amarílico. A doença ataca o fígado e os rins da vítima podendo levar à morte.

Tipos de Febres Amerelas

Febre Amarela Urbana: É transmitido nas cidades, pelo mosquito Aedes aegypti, o mesmo da dengue.

Febre Amarela Silvestre: Nas matas, a transmição é feita pelo mosquito do gênero Haemagogus e Sabethes sendo os principais vítimas os macacos.

O último caso de febre amarela urbana registrado no Brasil foi em 1942, no Acre. A maior incidência da doença acontece nos meses de janeiro a abril, período das chuvas. Nessa época, há um aumento da quantidade do mosquito transmissor e maior atividade agrícola, que leva ao deslocamento de um número maior de pessoas às áreas com risco de transmissão.

Quais são os sintomas da febre amarela?

Aparecimento de febre, calafrios, dor nas articulações, prostração, náuseas e vômitos são os sintomas mais freqüentes da febre amarela. Em suas formas fulminantes, a doença compromete o fígado e os rins, além de provocar manifestações hemorrágicas, que podem causar a morte se não houver tratamento imediato.

Prevenção contra a Febre Amarela

A imunidade é obtida mediante a aplicação de dose única da vacina específica. A vacina deve ser renovada a cada 10 anos.

Como a população pode ajudar a prevenir a febre amarela?
No caso da febre amarela urbana, as ações devem ser as seguintes:

1. Vire as garrafas vazias e recipientes de boca para baixo para não acumular água;

2. Mantenha os pneus em locais cobertos, onde não tomem chuva nem acumulem água;

3. Não deixe ao ar livre nenhum objeto que possa acumular água;

4. Coloque areia em todos os vasos ou plantas como xaxins e plantas aquáticas;

5. Mantenha as caixas d’água sempre bem tampadas;

6. Latas, vidros, plásticos e até pequenas tampinhas devem ser jogadas no lixo;

7. Se você cria algum animal, troque com freqüência a água do bebedouro;

8. No caso da febre amarela silvestre, a opção é tomar a vacina. De fato, para pessoas que vão para as regiões brasileiras onde a febre amarela silvestre está presente (Norte e Centro-Oeste), a vacinação é bastante recomendável.

Portanto, agora vocês já sabem como se previnir da febre amarela, todo cuido é pouco.


Top