Esquenta é criticado nas redes sociais depois de homenagear DG

Regina Casé teve até que boa intenção, mas acabou sendo criticada nas redes sociais pelo o modo como tratou a morte do seu bailarino…

Regina Casé teve até que boa intenção, mas acabou sendo criticada nas redes sociais pelo o modo como tratou a morte do seu bailarino DG. Durante o seu programa dominical, o Esquenta, foram feitas homenagens ao dançarino DG, que foi assassinado na última semana na comunidade do Pavão-Pavãozinho, no Rio de Janeiro.

Protesto contra morte de DG no Esquenta (Foto: Divulgação)

Leia também: Quadro Vem Com Tudo Com Regina Cazé – Fantástico

Esquenta homenageia DG

A mãe do rapaz, Maria de Fátima Silva, estava no programa que também contou com alguns famosos, como Carolina Dieckmann, Preta Gil e Fernanda Torres e Carlinhos de Jesus. Regina Casé sugeriu as hashtags “A vida é sagrada” e “Eu não mereço ser assassinado” para um protesto nas redes sociais com relação a morte do jovem, que tem muitos pontos a serem esclarecidos.

Criticas do Esquenta nas redes sociais

As criticas no Twitter, Facebook e Instagram foram direcionadas ao modo como o crime de DG foi lembrado e a forma com que Regina quis trazer a tona outros crimes em comunidades com menor repercussão.

Regina abraçando mãe de DG durante programa especial (Foto: Divulgação)

“Ninguém merece é endeusar uma pessoa com caráter megaduvidoso! Chega de hipocrisia!”, escreveu uma internauta no Instagram de Preta Gil, após uma publicação de uma imagem dos bastidores do programa.

“Uma hora de programa para o DG. Estou aqui esperando uma hora de homenagem ao Bernardo. Não conhecia o DG, não sei porque ele morreu, se era santo ou demônio, mas achei desnecessário esse programa. #semhipocrisia #semviolencia”, disse outra internauta nas redes sociais.

 

“Palhaçada, policiais honestos morrem trabalhando nessas comunidades e ninguém fala nada!”, escreveu outro internauta no Twitter.

Continuar Lendo  Melhores Músicas para Desfile

 

“Inocente não foge de polícia, não. Sejamos menos hipócritas”, falou uma pessoa no Instagram de Carolina Dieckmann.

 

“DG morreu e tal, mas o que ele estava fazendo lá no meio dos traficantes, qualquer um que estivesse lá teria o mesmo fim, digas com quem andas que digo quem tu es”, disse outro internauta no Facebook.

Veja mais sobre: Famosos que morreram de forma incomum

Entenda a morte de DG

O dançarino DG foi encontrado morto nos fundos de uma creche na comunidade do Pavão-Pavãozinho na terça-feira (22 de abril), no Rio de Janeiro. Amigos dele falaram que o rapaz teria sido espancado por policiais antes de tentar fugir. DG foi encontrado com ferimentos e um tiro nas costas. A família e amigos falam que o rapaz foi ameaçado por policiais da UPP. A polícia investida uma suposta ligação de DG com o trafico de drogas, sendo que essa ligação é negada pela família e amigos.

Top