Entenda o que é AVC e seus perigos

Entenda o que é AVC e seus perigos e saiba como se manter livre dessa perigosa doença, que mata 5 milhões de pessoas a…

Por Andre em 02/10/2014

Entenda o que é AVC e seus perigos e saiba como se manter livre dessa perigosa doença, que mata 5 milhões de pessoas a cada ano, em todo o mundo, das quais 100.000 no Brasil, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Entenda o que é AVC e seus perigos (Foto: Divulgação)

O Acidente Vascular Cerebral, também conhecido como derrame cerebral, ocorre quando há interrupção no fornecimento de sangue para qualquer parte do cérebro, devido ao rompimento ou entupimento dos vasos responsáveis por levar sangue ao órgão.

Com isso, acontece a paralisia da área cerebral afetada, causando a perda da função neurológica, o que pode resultar em danos permanentes, cuja gravidade aumenta de acordo com a demora para o atendimento do paciente.

Gian sofre AVC após discutir com Zezé di Camargo

O que é hipertensão e como cuidar

Entenda o que é AVC e seus perigos

O AVC ocorre quando há a interrupção do fornecimento de sangue para qualquer parte do cérebro (Foto: Divulgação)

Existem dois tipos de AVC. Um deles é o AVC Isquêmico, que ocorre quando há o entupimento dos vasos que levam sangue para o cérebro. O outro é o AVC Hemorrágico, que acontece quando um desses vasos se rompe.

Os sintomas do AVC dependem da parte do cérebro lesada, mas de maneira geral, incluem dor de cabeça súbita e intensa, sem causa aparente; perda súbita de visão; diminuição ou perda da força na face, braço ou perna, de um lado do corpo; sensação de formigamento na face, braço ou perna; dificuldade para falar; e vertigem, entre outros.

As causas do AVC estão ligadas a vários fatores, como hipertensão arterial, colesterol alto, tabagismo, diabetes, obesidade, consumo excessivo de bebidas alcoólicas, estresse, idade avançada, doença cardíaca e histórico familiar, além de outros.

Os perigos do AVC incluem sequelas graves que podem ser deixadas nas pessoas afetadas, como paralisia de metade do corpo (ou de um membro), cegueira, demência e esquecimentos, entre outros, que dependem da região cerebral afetada. Nos casos mais graves, pode levar à morte.

Prevenção e tratamento

Dependendo da área cerebral afetada, o AVC pode deixar graves sequelas ou levar à morte (Foto: Divulgação)

Além de entender o que é AVC e de conhecer seus perigos, também é bom saber como é feita a prevenção do AVC. Ela se dá através de medidas como reduzir o consumo de sal, parar de fumar, evitar comidas gordurosas, controlar o peso, evitar o stress e praticar atividades físicas, entre outras, ou seja, levar uma vida mais saudável já é um grande passo para evitar a doença e suas complicações.

Já o tratamento do AVC pode ser clínico ou cirúrgico, dependendo do volume da lesão, da área afetada e da condição do paciente. Quanto mais rápido a vítima for levada ao atendimento médico, maiores são as chances de recuperação.

Top