Documentos para viajar para Argentina

Muitas pessoas possuem o sonho de conhecer outro país, mas ao planejar a viagem, enfrentam a dúvida sobre quais documentos levar. Contudo, aquelas que…

Por Isabella Moretti em 07/01/2013

Muitas pessoas possuem o sonho de conhecer outro país, mas ao planejar a viagem, enfrentam a dúvida sobre quais documentos levar. Contudo, aquelas que pretendem conhecer um território estrangeiro dentro da América do Sul vão desfrutar de mais facilidade para providenciar a documentação.

Existe um acordo no MERCOSUL que permite a livre circulação de pessoas pelas fronteiras dos países que integram a América do Sul, exceto Guiana. Desta forma, o brasileiro não precisa solicitar um visto ou tirar passaporte para seguir viagem rumo à Argentina, Uruguai, Bolívia, Colômbia, Chile, Peru, Venezuela, Paraguai, entre outros países vizinhos.

O turista que deseja obter mais informações sobre as viagens dentro da América do Sul deve fazer uma leitura atenta do texto da Decisão CMC N.º 18/08.

Saiba mais: Pacote de viagens Argentina CVC 2012-2013

Documentação para viajar para Argentina

Se o turista brasileiro pretende seguir viagem para Buenos Aires ou qualquer outra cidade argentina, ele não precisa enfrentar tanta burocracia para providenciar documentos. O único item obrigatório para viajar é a carteira de identidade (RG).

Muitos brasileiros apresentam a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) no lugar do RG para comprovar os dados, mas esta substituição não é possível quando se trata de uma viagem internacional dentro da América do Sul. A apresentação da carteira de identidade original é critério obrigatório para conseguir entrar em outro país, como a Argentina.

Para que o RG seja considerado válido, ele precisa estar em bom estado e ter sido expelido até 10 anos atrás. O titular deve ser facilmente reconhecido através da foto, por isso o documento não pode ser tão antigo.

A Argentina costuma ser um país mais tranquilo para conseguir entrar somente com a apresentação do documento de identidade, mas no Peru e na Bolívia os profissionais responsáveis pelas fronteiras são mais implicantes.

Se a permanência na Argentina for de até 90 dias, os brasileiros estão isentos de visto.

Recomendações

A Argentina recebe brasileiros que apresentam o RG, mas alguns equívocos atrapalham a entrada no território portenho. O agente da companhia aérea pode considerar o documento de identidade inválido ou o guarda da fronteira também pode acabar não aceitando o RG. Por isso, é sempre bom fazer viagens internacionais portando um passaporte válido, mesmo se o destino for um país da América do Sul.

O turista menor de idade, além de portar o RG, deve apresentar uma autorização dos pais reconhecida em cartório para conseguir cruzar a fronteira.

Veja também: Viagem com as crianças: quais documentos levar

Top