Uso de drogas durante a gravidez: riscos, quais são

O crescimento e desenvolvimento do bebê na barriga é algo natural, mas ainda assim, é necessário ter cuidados redobrados nesse período. Muitas mães pensam…

Por Editorial MDT em 22/08/2013

O crescimento e desenvolvimento do bebê na barriga é algo natural, mas ainda assim, é necessário ter cuidados redobrados nesse período. Muitas mães pensam que estão livres para badalar e curtir as mesmas coisas de sempre com os amigos, inclusive usar drogas eventuais que surgem pelo caminho. Isso pode oferecer muitos riscos ao bebê e a saúde da mãe. Saiba mais sobre o assunto e veja quais são os riscos do uso de drogas durante a gravidez.

O uso de drogas durante a gravidez pode oferecer riscos para o bebê. (Foto: divulgação)

Drogas na gravidez

Durante a gravidez tudo o que entra no corpo feminino passa para bebê através da corrente sanguínea e pela placenta, especialmente as substâncias químicas. O bebê acaba sendo um consumidor das drogas também, mesmo sem ter escolhido isso. Ele é muito pequeno para isso, os efeitos das substâncias no corpo, principalmente no cérebro podem durar muito tempo.

Se você é uma mãe que faz parte de um grupo que bebê muito e usa drogas, é preciso se afastar das mesmas. A mamãe deve investir na saúde da família como um todo e no ambiente no qual a criança irá crescer. Isso inclui também o cigarro, motivo pelo qual os especialistas aconselham as mães a parar de fumar.

É preciso ter cuidado com as drogas durante a gestação. (Foto: divulgação)

Quais são os riscos do uso de drogas durante a gravidez

Muitas pessoas acham que a maconha é uma planta, uma substância da natureza que não vai fazer mau nenhum para você e nem para o seu filho. Porém, pesquisas comprovam que não é bem assim. Por mais que o filho de uma mulher que usou drogas nasça com aparência normal, o comportamento da criança pode não ser normal, nem na fase de bebê e nem mais para frente quando estiver maior.

As crianças das quais as mães consumiram maconha durante a gestação tendem a ser mais irritadas, impulsivas e menos atentas, características essas que podem comprometer a vida escolar, emocional, profissional e social de qualquer pessoa. O uso de drogas como a cocaína, poderoso estimulante doo sistema nervoso central pode causar problemas graves e irreversíveis. Nos primeiros meses, pode aumentar as chances de um aborto espontâneo e também de um parto prematuro.

Independente se você for uma usuária casual de drogas e fazer o uso pesado das mesmas, para nem sempre é fácil, mesmo durante a gestação. É uma decisão que exige muita coragem e muitas vezes uma mudança radical de estilo de vida pelo bebê. Por mais que essa seja uma decisão exclusiva sua é sempre bom ter ajuda por perto nesse momento.

É preciso ter uma vida saudável durante a gestação. (Foto: divulgação)

Durante a gestação é preciso ter cuidados redobrados com a saúde do bebê e também da mamãe. As consequências do uso de drogas durante a gravidez são muitas e podem comprometer o desenvolvimento da criança durante toda a vida. Procure ajuda do médico para maiores orientações.

Top