Diferença entre pacotes de tarifas bancárias chega a 70%

A diferença de custo entre os pacotes padronizados de tarifas bancárias pode atingir a 70%, de acordo com um levantamento feito pela Fundação Procon-SP…

O Banco do Brasil elevou seis tarifas, sendo a maior variação de 14,81% no depósito identificado. (Foto Divulgação)

A diferença de custo entre os pacotes padronizados de tarifas bancárias pode atingir a 70%, de acordo com um levantamento feito pela Fundação Procon-SP e publicado nesta quinta-feira. O menor valor encontrado foi de R$ 10 e o maior de R$ 17.

O levantamento analisou as relações de serviço prioritários e de pacote padronizado em vigência no mês passado em sete empresas financeiras: Bradesco, HSBC, Banco do Brasil, Itaú, Caixa Econômica Federal, Santander e Safra.

Veja mais: Supermercados voltam a distribuir sacolas plásticas nesta quinta-feira

A pesquisa notou que somente a Caixa cortou o valor do pacote, que inclui cadastro para começo de relacionamento, oito saques mensais, quatro extratos por mês, dois extratos do intervalo referente ao mês anterior e quatro transferência entre contas na própria empresa.

Banco

valor em maio de 2011

valor em maio de 2012

Banco do Brasil R$ 13,50 R$ 13,50
Bradesco R$ 12,50 R$ 12,50
Caixa R$ 15,00 R$ 10
HSBC R$ 13,50 R$ 13,50
Itaú R$ 10,50 R$ 10,50
Safra R$ 17,00 R$ 17,00
Santander R$ 14,00 R$ 14,00

Leia também: Novas regras seguro-desemprego 2012

A pesquisa notou que somente a Caixa cortou o valor do pacote. (Foto Divulgação)

O Procon divulgou também que avaliou os serviços prioritários. O Banco do Brasil elevou seis tarifas, sendo a maior variação de 14,81% no depósito identificado. O Bradesco elevou nove tarifas. O extrato mensal apresentou a maior variação, de 43,75%.

Já o Itaú subiu oito tarifas, com a maior alta de 40,44% para a isenção do cadastro dos emissores de cheques sem fundos. Na Caixa, houve uma alteração, com 59,26% de variação na permissão de adiantamento a depositante.  Santander e HSBC mantiveram as taxas, enquanto o Safra diminui cinco e aumentou 16.

Leia Também:  Firefox não Inicia no Ubuntu

O consumidor que tiver dúvidas ou desejar obter alguma informação deve entrar em contato com o Procon.

Top