Dicas práticas para se dar bem no comércio eletronico

O Brasil possui cerca de 67 milhões de internautas, e muitos deles já fazem praticamente de tudo por meio da internet. Aproveitando esse público…

Por Élida Santos em 20/12/2011

A compra pela internet é uma tendência que se confirma (Foto: Divulgação)

O Brasil possui cerca de 67 milhões de internautas, e muitos deles já fazem praticamente de tudo por meio da internet. Aproveitando esse público crescente, que utiliza a web para pagar contas, consultar movimentação bancária, fazer cotação de preço, comprar, além claro, de se divertir, as lojas virtuais só crescem. Em ter os produtos mais comercializados por meio da internet estão a infinidade de eletrônicos, como por exemplo, câmeras digitais, celulares, pen drive, notebook  e outros muitos equipamentos.

O eletrônicos são os mais vendidos por meio da internet (Foto: Divulgação)

Em 2010 o comércio de eletrônicos via web movimentou cerca de R$ 14,3 milhões, um crescimento de 35% com relação ao ano anterior. O aumento tende a continuar em 2011, mas o balanço sairá somente depois do mês do ano em que o comércio mais vende, ou seja, o mês de dezembro. Se você possui uma loja virtual e quer fazer parte das estatísticas de sucesso do setor, veja abaixo cinco dicas que farão a diferença no seu negócio.

Preze o bom atendimento ao cliente (Foto: Divulgação)

1.      Cliente satisfeito compra mais e indica a loja: Para garantir um bom atendimento e consequentemente satisfazer o seu cliente, invista em ferramentas de atendimento, tecnologias que facilite a navegação no site, além de aplicar recursos em sistemas eficientes de entrega. Tenha uma pessoa para atender as reclamações e para retornar as sugestões encaminhadas pelos consumidores. Quanto mais rápido você resolver os problemas dos clientes, menos tempo eles terão para denegrir a imagem da sua empresa e como comprar pela web ainda gera desconfiança, quando os clientes são bem atendidos compram novamente no site e ainda indicam para os amigos.

2.      Incentive o consumo: Quando o cliente realiza uma compra de um item no site imediatamente incentive ele a comprar outro item que complemente a primeira aquisição. Por exemplo, se o cliente comprar um teclado para o computador, mande uma mala direta para ele no dia seguinte com uma promoção de mouse ou monitor. Para que essa estratégia dê certo use o sistema de monitoramento do seu site, o e-consumidor, que mapeia o comportamento de cada cliente e os produtos mais vendidos.

3.      Invista em links patrocinados: Para otimizar os resultados invista em links patrocinados, ou seja, aqueles banners que aparecem nas páginas virtuais de outros empreendimentos. Para que o trabalho tenha um retorno mais rápido contrate agências especializadas nesse tipo de serviço. A ideia é que a sua loja seja a primeira a aparecer quando é digitado no Google um determinado tipo de produto.

4.      Fidelize os clientes: Além de um bom atendimento é necessário escutar as necessidades dos seus clientes. Ouça os clientes, analise seu comportamento de compra, analise suas criticas e sugestões para que o seu negócio cresça e se torne referência para os clientes e para as demais lojas virtuais do segmento. Quando o consumidor percebe que as suas dicas foram compreendidas e estão sendo seguidas, e que o serviço tende a melhorar a cada dia, automaticamente se sentirá confortável em realizar compras por meio do site.

5.      Seja mais que uma loja virtual: É importante que o seu site seja muito mais que uma loja virtual. O consumidor deve acessar o site para comprar um item, mas deve conhecer mais 10 itens que podem auxiliá-lo de diversas maneiras. O cliente deve perceber que existem muitas possibilidades de compra por meio do seu site.  Para chamar ainda mais a atenção deixe os produtos com preços agressivos e separe-os por categoria para facilitar o acesso do cliente.

Top