Dicas para o pai ajudar a cuidar do bebê

É comum o pai se sentir excluído da relação com o filho logo nos primeiros meses de vida do bebê. Porém, esse momento da vida da…

É comum o pai se sentir excluído da relação com o filho logo nos primeiros meses de vida do bebê. Porém, esse momento da vida da criança não deve ser encarado dessa maneira. O pai pode ajudar a mãe a cuidar do pequeno, aliviando assim a sobrecarga de tarefas dela e se sentindo mais participativo. Pensando nisso, selecionamos dicas para o pai ajudar a cuidar do bebê.

Os pais podem ajudar as mães a cuidar do filho. (Foto: divulgação)

Pai cuidando do bebê

As mamães costumam ter muito medo de deixar o marido cuidando do bebê, já que eles são, normalmente, desajeitados. Se o pai demonstra falta de habilidade no contato com o pequeno, imagine quando tiver que enfrentar os momentos de choro estridente e outras situações.

O pai pode sim ser um grande ajudante para cuidar do bebê junto com a mãe. Entretanto, ele normalmente precisa de um empurrãozinho para iniciar sua vida paterna. Pode ser que no começo seja difícil e ele tenha medo, mas com o tempo vai se acostumando e terá muito prazer em cuidar do seu filho.

O medo, o receio de não dar conta do recado sempre estão presentes. O friozinho na barriga com a responsabilidade de ficar sozinho com a criança  faz parte do começo dos cuidados. Por isso, é importante não desistir logo no primeiro momento. Muitos pais aprendem rápido e se tornam ótimos cuidadores.

 

O pai pode ajudar o bebê a dormir. (Foto: divulgação)

Veja também dicas para pais de primeira viagem 

Dicas para o pai cuidar do bebê

1. Com o bebê em casa, ajude a dar o banho no pequeno. Nesse momento é importante pedir ajuda da mãe para que ela ensine cuidadosamente todos os passos do banho, dessa forma logo o pai conseguirá realizar essa função sozinho;

Leia Também:  Coleção Arezzo 2015

2. A mãe pode arrumar todos os apetrechos para que o papai troque as fraldas do bebê e também as roupas. O ideal é usar um trocador para auxiliar, facilitando os movimentos na hora de trocar roupas e fraldas;

3. O pai também deve acompanhar e incentivar a amamentação. Ficando ao lado da mãe nesse momento e após a mamada. Depois, pode ajudar a segurar e fazer com que o bebê arrote;

4. Acariciar e acalmar o pequeno na hora de dormir também pode ser função do pai. Além disso, pode fazer massagem nos momentos em que o bebê sentir cólicas, dando muito conforto ao pequenino;

5. Aproveitar o sol da manhã para passear com o bebê é mais um momento que o pai pode aproveitar para estar com a criança. O ideal é que as saídas sejam feitas somente após o primeiro mês de vida, consultando primeiro o pediatra;

6. O papai pode ainda conversar com o bebê, fazer brincadeiras que estimulem sua audição, visão e tato;

7. Conhecer as características do choro da criança ajuda a identificar quando ela está com fome, cólicas e outros problemas, facilitando os cuidados do pai.

O pai pode ajudar nos estímulos de audição, tato e outros do bebê. (Foto: divulgação)

Veja também fotos de pai com filho bebê 

O pai possui papel muito importante nos cuidados do bebê. Ao contrário do que muita gente pensa, eles conseguem cuidar muito bem dos pequenos e garantir que se mantenham em segurança. É claro que as mães desempenham essa função com mais facilidade, porém os pais podem ajudar com cuidados básicos que aliviam o trabalho da mãe. 

Top