Dicas para pais de primeira viagem

Ser pai de primeira viagem é algo muito especial. É importante acompanhar a mãe durante toda a gestação e nascimento do bebê. Porém, muitos…

Ser pai é sempre muito especial.

Ser pai de primeira viagem é algo muito especial. É importante acompanhar a mãe durante toda a gestação e nascimento do bebê. Porém, muitos futuros papais ainda não sabem lidar com a situação. Por isso, separamos algumas dicas para pais de primeira viagem.

Aprendendo a cuidar do bebê

Cuidar do pequeno parecerá algo muito difícil, pois ele é frágil e muitos pais de primeira viagem ficam com medo de machucá-lo. Por isso, é importante aprender a cuidar dele. Conheça algumas dicas que vão ajudar no caminho rumo à paternidade:

  • Aprenda a trocar fraldas;
  • Treine fazer mamadeiras, para saber a temperatura ideal;
  • Converse com a mãe e tire suas dúvidas;
  • Faça um curso para aprender a cuidar do seu filho;
  • Leia livros sobre educar os filhos;
  • Converse com o pediatra e tire suas dúvidas.

Conheça alguns cursos para pais de primeira viagem

Informações importantes

– Os bebês logo que nascem ficam, no máximo, um dia no hospital quando não há intercorrências, ou seja, quando ele é saudável e não teve problemas no nascimento.

– O melhor tipo de parto para a criança, e para a mãe, é o vaginal espontâneo (parto normal), pois há menos traumas e o bebê nasce na hora que ele está pronto, sem hora marcada. Além disso, por não ser uma cirurgia, a mãe se recupera de forma rápida.

– Ao contrário do que muita gente pensa, o parto normal não precisa doer. O anestesista pode administrar medicamento que inibem a dor, ou seja, analgésicos. Anestesias gerais ou do tipo raquidiana não podem ser dadas, pois prejudicam o parto, uma vez que inibem a contração e esta é necessária para o nascimento (para empurrar o bebê para fora). Apenas com os analgésicos a mãe sente as contrações, mas não sente dor. Em alguns casos pode ocorrer dor, mas não é forte.

– Após o nascimento, o pequeno deve ser amamentado apenas com leite materno. Ele pode se alimentar logo que nascer ou após algumas horas.

– Algumas vezes o bebê apresenta uma pele fininha, com aspecto de descamação, apenas nos primeiros meses. Isso é normal, não precisa se assustar.

Veja como escolher, de forma segura, um brinquedo para o bebê

 

O primeiro filho traz sempre muita ansiedade.

– Não existe leite fraco. O corpo da mãe produz exatamente o leite necessário para seu filho. O primeiro leite que sai é chamado colostro, ele é parecido com água, mas é rico em substâncias importantes para o bebê. Por isso, não importa a cor do leite, será benéfico para o pequeno.

– Os recém-nascidos não possuem as válvulas do estômago bem formadas, por isso pode acontecer regurgitação, ou seja, vômito de leite. O ideal é não colocar o pequenino deitado logo após as mamadas e também não chacoalhá-lo. Se o problema persistir, pode ser necessário iniciar um tratamento para refluxo, então procure um pediatra, mas não é um problema grave, fique calmo.

– A mãe deve tomar cuidados especiais com as mamas, para que não ocorram rachaduras. Ela deverá lavar a região apenas com água, não usando sabão. Se o bebê estiver mamando de maneira correta, não haverá rachaduras e nem dor nas mamas da mãe.

– Os bebês normalmente defecam logo após as mamadas e eles mamam muitas vezes por dia, às vezes de hora em hora, por isso esteja preparado para muitas trocas de fralda.

– Deixe o bebê mamar o tempo que ele precisar. Dê a mama sempre que ele chorar por fome. Não existe limite para as mamadas nem para o tempo de mamada. Porém, em alguns casos é necessário colocar um tempo, mas isso o pediatra perceberá e vai orientar os pais.

– Crianças muito pequeninas não dormem a noite toda, pois elas sentem fome. Para ajudar a mãe, pode-se reservar o leite materno em um recipiente bem limpo, para que durante a noite o pai dê a mamadeira para o pequenino e a mãe possa descansar. Esse tipo de ajuda é fundamental para que a mãe fique saudável, descansada e possa cuidar melhor de seu bebê durante o dia.

Conheça os cuidados que se deve ter com os bebês no verão

Livros que ajudam na criação dos filhos

É importante se informar sobre como cuidar do seu filho de maneira correta, como ensinar, educar e impor limites. Conheça algumas dicas de livros importantes para os pais de primeira viagem:

  • Limites sem trauma, construindo cidadãos (Tania Zagury);
  • Educar sem culpa, a gênese da ética (Tania Zagury);
  • Os direitos dos pais (Tania Zagury);
  • Quem ama educa (Içamitiba);
  • Filhos Autônomos, Filhos Felizes (Cris Poli);
  • Educando Crianças Geniosas (Dr. James Dobson).

Serão muitas trocas de fralda ao longo do caminho.

Essas são as dicas iniciais para cuidar dos pequenos. Procure mais informações, leia livros, converse com o pediatra. Tire suas dúvidas e curta essa fase tão bonita da vida.

Top