Dicas para criar cães e gatos em apartamentos

Confira Dicas para criar cães e gatos em apartamentos.  Ter animais de estimação em apartamento pode ser um pouco difícil. Seja pelo espaço, regras do condomínio, vizinho ou até mesmo os passeios diários. Cães e gatos têm necessidades diferentes, mas ambas espécies precisam ter seu bem estar levado a sério na hora de escolher que seu ambiente de vivência será o apartamento. Muitas pessoas desistem de ter animais nesse tipo de moradia por ser um lugar pequeno, mas vamos te ensinar que com algumas dicas você pode ter até mesmo cachorros de grande porte, basta se dedicar e dar ao seu bichinho as necessidades que ele merece para viver bem.

Dicas para criar cães e gatos em apartamentos - É possível ter animais de estimação no apartamento, basta seguir algumas dicas (Foto: Divulgação)

Confira: Como denunciar maus tratos aos animais

Dicas para criar cães e gatos em apartamentos

A preferência da maioria quando se trata de animais em apartamentos são os de raça silenciosa e/ou de porte pequeno. É importante levar em conta que as características de uma raça são apenas uma parte do que pode definir a personalidade do seu animal. A criação e sua rotina irão moldá-lo e você pode ter sim um animal de raça silenciosa que é estressado e faz muita bagunça se vive muito tempo sozinho no apartamento, por exemplo.  Por isso, considere mais importante a rotina do seu pet e as nossas dicas para criar cães e gatos em apartamentos.

Se você pretende ter o seu pet em apenas uma área do seu apartamento, repense, veterinários afirmam que nenhum bichinho é feliz se ficar confinado, por exemplo, em áreas de serviço ou varandas. O espaço desse tipo de moradia já é pequeno, se você restringir a apenas uma peça, é impossível não ter um cachorro estressado e triste.

É importante ter brinquedinhos para seu pet para que ele tenha sempre o que brincar quando quiser gastar energia (Foto: Divulgação)

Os animais domésticos precisam de brincadeiras, atenção, carinho e passeios diários. Os passeios também devem ser feito com gatos, ao contrário do que muitos pensam, gatos também devem passear, pois correm risco de ficarem obesos trancados sempre em casa, sem falar que isso pode trazer ansiedade e estresse para o pet.

Alguns gatos se acostumam bem com a coleira e passeiam como cachorros, mas é claro que o cuidado deve ser extra, afinal um gatinho assustado faz a maior bagunça e é difícil planejar um caminho em que você não encontre cachorros. O passeio deve ser em horários tranquilos, de preferência em locais com pouco ou nenhum movimento na rua.  Os gatos se sentem seguros em locais que eles conheçam, então leve sempre ao mesmo lugar. É interessante também levar a caixinha de transporte caso seu pet queira se esconder.

Leia também: Gato estressado: sintomas, como tratar

É importante também reservar um espaço para seu amigo de quatro patas, que seja confortável e que tenha o cheirinho dele. Esse lugar deve ter caminha, seus brinquedos, ser limpo e arejado, de preferência longe de intensas correntes de ar e umidade, evitando problemas respiratórios e de pele. Recomenda-se passar o aspirador nos cômodos pelo menos três vezes na semana e retirar diariamente qualquer resíduo de urina e fezes. Faça também uma higienização diária do local onde ficam o comedouro e bebedouro.

Mesmo que seu animal seja “educadinho” e faça suas necessidades todas nas ruas, sempre terá um dia de chuva ou muito frio em que seu bichinho terá que fazer dentro de casa mesmo. Para isso existem tapetes higiênicos que absorvem a urina do cão e plataformas que minimizam o contato das patinhas com o líquido. Para gatos, as areias sanitárias são muito utilizadas, mas há também os banheiros com filtro de carvão ativado, que prometem eliminar o odor das fezes do peludinho.

É importante colocar móveis para seus gatinhos escalarem e se sentirem a vontade (Foto: Divulgação)

Leia mais: Cães que destroem chinelos e roupas: como lidar

Para os felinos, arranhadores, brinquedos ou mesmo prateleiras, estantes e outros móveis que possibilitam deixá-lo em lugar algo. Quanto a segurança, é essencial colocar  telas de proteção nas janelas e sacadas para impedir que os curiosos bichanos se acidentem.  Sendo gato ou cachorro, ambos podem ter a curiosidade ou até mesmo escorregar para fora da janela ou sacada.

Criar cães e gatos em apartamentos Fotos

Após ler nossas Dicas para criar cães e gatos em apartamentos confira fotos que separamos para ilustrar nossas sugestões e para ajudar você na hora de decorar e organizar o ambiente do seu apartamento para seu animal de estimação. Lembre-se de reservar um local em que seu animalzinho possa pegar sol, pois é muito importante para sua saúde. E colocar sempre como prioridade o passeio diário que pode ser de até mesmo três vezes ao dia.  A ausência de atividades físicas pode causar problemas respiratórios, cardiovasculares, dores nas articulações e limitação de mobilidade corporal para os animais. Veja: Criar cães e gatos em apartamentos Fotos

 

Reply