Descamações na pele: o que fazer

A pele é a principal defesa do organismo contra infecções. Por isso, deixa-la ressecada e rachada pode contribuir para o aparecimento de doenças de…

A pele é a principal defesa do organismo contra infecções. Por isso, deixa-la ressecada e rachada pode contribuir para o aparecimento de doenças de pele. Porém, é possível evitar que a pele seja afetada. Saiba o que fazer com as descamações na pele.

Existem diversos problemas que causam a descamação na pele. (Foto: divulgação)

Significado da descamação da pele

A pele ressecada traz como resultado a descamação. Esta, por sua vez, pode ser manifestada por diversos problemas, entre eles uso inadequado de hidratantes, ou até mesmo sinal de alguma doença. Entre as condições médicas que podem estar associadas a descamação estão a diabetes, a psoríase, o hipotireoidismo e a desnutrição.

Veja o que fazer diante da descamação da pele do rosto

Conhecendo mais sobre os problemas de pele

A pele normal e saudável é revestida por uma fina camada de proteção e que colabora com a manutenção da umidade ideal, deixando-a macia e suave. Quando a pele fica seca perde-se a sua proteção natural, tornando-a mais suscetível a infecções. Além disso, a descamação pode estar associada com algum problema interno, como uma condição de saúde ou predisposição genética. Quando não adequadamente tratada pode levar a algumas condições de dermatites (inflamação da pele).  Conheça abaixo algumas condições que podem ocasionar a descamação e saiba o que fazer diante delas.

  • Uso inadequado dos hidratantes – um dos maiores erros que uma pessoa pode fazer é aplicar o hidratante sobre a pele seca. O ideal é aplicar o creme hidratante quando a pele ainda está úmida. Isso porque o hidratante colabora com a manutenção ideal da umidade. Após a aplicação, deixe o creme penetrar na pele e depois passe a toalha para tirar o excesso. Todo esse cuidado auxilia na boa manutenção da pele, prevenindo a descamação da pele, assim como futuras consequências;
  • Contato frequente com ar seco – o ar seco, de longe, é a causa mais comum de ressecamento, em especial durante o inverno. Uma forma de evitar a descamação ocasionada pelo contato com ar seco é recorrer para o uso de umidificador nos ambiente da casa, além de usar chapéus, cachecóis e luvas antes de sair de casa;
  • Evite banhos longos e muito quentes – especialistas aconselham reduzir o tempo gasto em banhos. Além disso, eles optam pelo banho com água morna. Isso porque banhos quentes e com uso excessivo de sabonetes, desidratam a pele, por remover sua camada protetora;

Os banhos quentes podem causar a descamação. (Foto: divulgação)

  • Utilizando o sabonete de forma ideal – as únicas partes do corpo que precisam de sabão são a face, as mãos, os pés, as partes íntimas e as axilas. O restante do corpo pode ser lavado com água. Isso porque o uso excessivo de sabonetes pode colaborar com o ressecamento da pele, contribuindo com a descamação da pele;
  • Medicamentos – o uso de alguns medicamentos pode ter como efeitos colaterais a descamação da pele. Um bom exemplo é o uso de remédios para o controle de pressão arterial, contra acne ou para o tratamento de problemas na pele. Assim, diante de qualquer alteração da pele, após o uso de qualquer medicamento, busque a orientação de um profissional;
  • Problemas de saúde – em alguns casos, a descamação da pele pode estar relacionada a alguns problemas de saúde. Entre os problemas que podem estar relacionados são: psoríase, diabetes, hipotireoidismo e desnutrição. Porém, para identificar alguns desses problemas é essencial buscar a orientação de um médico especialista. Somente ele poderá identificar e tratar de forma adequada as apresentações clínicas.

O uso excessivo de sabonete pode prejudicar a saúde da pele. (Foto: divulgação)

Conheça dicas para evitar a descamação da pele durante o frio

A descamação da pele pode colaborar com a apresentação de problemas infecciosos. Isso porque a pele perde a proteção natural. Após saber o que fazer diante da descamação da pele, basta buscar a orientação de um médico especialista caso o problema persista.

Leia Também:  Cosméticos Payot: comprar online

Top