Confira o guia dos vestibulares de inverno 2012

O domingo passado foi marcado pelo início dos vestibulares de inverno. A UFG (Universidade Federal de Goiás) foi a primeira instituição a realizar a…

Imagem: (Foto Divulgação)

O domingo passado foi marcado pelo início dos vestibulares de inverno. A UFG (Universidade Federal de Goiás) foi a primeira instituição a realizar a prova da primeira fase do seu processo seletivo de meio de ano.

Na capital paulista, a Unesp (Universidade Estadual Paulista), que oferece 465 vagas em 13 cursos, finaliza as inscrições na próxima quinta-feira (10). Neste ano, diversas instituições particulares como FGV, PUC-SP, Mackenzie, FAAP e a ESPM, também realizarão processos seletivos neste meio de ano.

Leia mais: Vestibular de Inverno Uefs 2012

Em Minas Gerais, pelo menos 18 universidades proporcionam vagas para o próximo semestre. Algumas federais já finalizaram as inscrições do vestibular do meio do ano, entre elas a de São João Del-Rei, Juiz de Fora e Uberlândia. A Federal do Triângulo Mineiro, no entanto, segue com as inscrições até a próximo segunda-feira (14).

Outros importantes processos seletivos, como o Enem e os vestibulares da Unicamp e Fuvest serão feitos no final do ano.

A PUC-MG  aceitará inscrições até o dia 16 de maio, e o Ibmec até o dia 10 de junho. A Uni-BH finaliza o intervalo de inscrições no dia 22.

No Rio de Janeiro, haverá provas do primeiro exame de qualificação da Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro), porém, referentes ao processo seletivo do final do ano. Algumas instituições como a ESPN, PUC-Rio e Insper, também proporcionarão vestibulares de meio de ano.

Leia também: Vestibular de Inverno UNESP 2012

No Distrito Federal, a Universidade de Brasília já finalizou as inscrições para o vestibular de meio de ano. A instituição oferece cerca de 4 mil vagas.

Outros importantes processos seletivos, como o Enem (Exame Nacional de Ensino Médio) e os vestibulares da Unicamp e Fuvest serão feitos no final do ano.

Leia Também:  Muammar Kadhafi está morto, diz novo governo da Líbia

Top