Comprar brinquedos piratas: riscos

A pirataria tem crescido cada dia mais no Brasil devido ao acesso dos consumidores aos produtos de preços mais baratos. O menor preço faz…

A pirataria tem crescido cada dia mais no Brasil devido ao acesso dos consumidores aos produtos de preços mais baratos. O menor preço faz com que as pessoas acabem deixando de lado as exigências de padrões mínimos de qualidade. Sendo assim, o preço estimula a procura por brinquedos piratas. Porém, o que a maioria das pessoas não sabe é que “o barato pode sair caro”. Saiba mais sobre os riscos de comprar brinquedos piratas.

Os brinquedos piratas podem colocar em risco a saúde das crianças. (Foto: divulgação)

Brinquedos piratas

A compra de brinquedos piratas, seja pelo preço, pela facilidade ou variedade de produtos disponíveis é cada vez maior. Geralmente, esses produtos são de baixa qualidade, algumas vezes contrabandeados e vendidos de forma ilegal no país. Por se tratar de produtos com qualidade comprometida, podem colocar em risco a saúde das crianças.

Ao escolher os brinquedos deve levar em consideração os riscos a saúde e a segurança, além do estímulo educativo que ele pode proporcionar. O selo de garantia do Inmetro (Instituo Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) é indispensável em todos os brinquedos. Porém, a utilização do brinquedo deve ser feita de forma correta, pois o mau uso pode causar acidentes.

Os brinquedos piratas quebram com facilidade. (Foto: divulgação)

Veja também dicas de brinquedos educativos 

Riscos de comprar brinquedos piratas

Os brinquedos piratas normalmente são fabricados com produtos de baixa qualidade que podem oferecer riscos as crianças que os usam. Eles costumam soltar peças, tinta, sem contar sobre os componentes usados na fabricação que são totalmente desconhecidos.

Como não se conhece a composição das tintas e peças, o uso de tóxicos que colocam a saúde da criança em risco é totalmente possível. Além disso, as peças são mais frágeis e podem soltar, fazendo com que a crianças muitas vezes se corte ou até mesmo engula peças menores.

Leia Também:  Sugestões de looks para o carnaval 2014

É preciso ficar atento para a qualidade dos brinquedos, pois como já foi dito, o “barato pode sair caro” e ainda prejudicar a saúde da criança. Problemas mais graves podem ser causados pelo uso desses produtos desconhecidos.

Todos os brinquedos devem conter o selo de segurança do Inmetro. (Foto: divulgação)

Veja também como escolher o brinquedo certo para o seu bebê

Os brinquedos piratas podem colocar em risco a segurança e saúde das crianças. Na hora de comprar os brinquedos para os pequenos, é necessário avaliar as condições de segurança e qualidade dos materiais utilizados na fabricação deles. Não deixe de comprar um brinquedo um pouco mais caro e de qualidade para comprar um que pode colocar seu filho em risco.

Top