Como planejar o futuro de seu filho

Criar um filho nos dias de hoje não é uma tarefa fácil, tanto na área da educação quanto na área financeira. Cursos de idiomas,…

Criar um filho nos dias de hoje não é uma tarefa fácil, tanto na área da educação quanto na área financeira. Cursos de idiomas, escolas e faculdades custam caro, mas são importantes para a formação e futuro dos filhos. Para isso, é necessário controlar os gastos da casa, criar objetivos e metas a médio e longo prazo e pensar em planos de investimento.

Toda a família precisa participar do diálogo em torno dos gastos (Foto: divulgação)

Faça uma estimativa dos gastos que irá ter com a faculdade de seu filho. Informe-se sobre o valor de um curso em uma boa faculdade e some os custos com mensalidade, transporte, alimentação e moradia. As escolas de ensino regular também entram nessa conta e muito antes, por isso é importante poupar antes mesmo que a criança entre para a escola, para que as mensalidades não pesem tanto no bolso depois.

Os filhos aprendem com o exemplo dos pais (Foto: divulgação)

Dar o exemplo é outro passo a ser tomado, para que as crianças cresçam sabendo a importância de se usar os recursos financeiros com consciência. Gastos supérfluos devem ser evitados e para concretizar esses objetivos é preciso ter comprometimento de toda a família, organizar o orçamento e anotar gastos para conhecer a realidade das finanças.

Decidir qual o investimento ideal para os desejos e metas da família é outro passo a ser tomado. Quanto maior for o tempo para o resgate do dinheiro, maior será a renda obtida. A poupança é a forma mais tradicional para se poupar, mas seu rendimento é baixo. A vantagem é que não tem taxas de administração, não é cobrado imposto de renda e os riscos são baixos. A previdência privada, que funciona para investimentos de médio e longo prazo também é outro tipo de investimento comum. Oferece maior rentabilidade que a poupança, mas é preciso resgatar o valor ao fim do prazo programado, para que compense.

Faça uma estimativa de quanto irá gastar no futuro (Foto: divulgação)

A carteira de ações e o tesouro direto são outras modalidades de investimento recomendadas. Além de informar-se sobre os investimentos é preciso conversar com o gerente de seu banco e até procurar outros bancos para ver qual oferece as melhores vantagens de investimento. Procure instituições financeiras de confiança que tenham um bom nome no mercado, para evitar problemas futuros.

Leia Também:  Fralda de pano ou fralda descartável: como escolher

Top