Com novidades, Vasco parte para cima do Aurora pela Sul-Americana

O Vasco da Gama deve contar com alguns reforços de peso para tentar superar o Aurora (Bolívia), quarta-feira, às 19h10, no estádio de São…

Por Redacao em 25/10/2011

Juninho é a arma do Vasco para reverter o resultado contra o Aurora e classificar o Vasco na Sul-Americana

O Vasco da Gama deve contar com alguns reforços de peso para tentar superar o Aurora (Bolívia), quarta-feira, às 19h10, no estádio de São Januário, em partida de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Para garantir a classificação para as quartas de final do torneio continental, a equipe cruzmaltina precisa de gols. Na primeira partida, o Vasco foi derrotado por 3 a 1, e agora, terá de derrotar os bolivianos por três ou mais gols de diferença para passar de fase sem sustos. Além disso, uma vitória por dois gols de diferença, desde que não sofra gols, também é suficiente para dar a classificação à equipe carioca. Empate, derrota ou vitória vascaína por apenas um gol de vantagem dá a vaga à equipe boliviana.

Com a necessidade de vencer, o técnico Cristóvão Borges deve mandar à campo cinco titulares, um em cada posição: o goleiro Fernando Prass, o lateral-direito Fagner, o zagueiro Renato Silva, o meia Juninho Pernambucano e o atacante Alecssandro.

Em contrapartida, Dedé, Felipe, Rômulo e Diego Souza estão fora da partida.

Aurora tem desfalque

O técnico Julio César Baldivieso, não poderá contar com o paraguaio Aquilino Villalba para o confronto, suspenso pela Conmebol em duas partidas por ser reincidente em expulsões. Ciente da dificuldade que o time enfrentará contra o Vasco, em São Januário, o volante Iván Huayhuata adota um discurso cauteloso. “É uma partida difícil, mas já demonstramos que podemos realizar grandes coisas jogando fora de casa. Queremos ir o mais longe possível na Copa Sul-Americana”, disse ele.

FICHA TÉCNICA

VASCO X AURORA (BOLÍVIA)

Vasco: Fernando Prass; Fagner, Reanto Silva, Douglas e Julinho; Nilton, Allan, Juninho e Bernardo; Alecssandro e Patric. Técnico: Cristóvão Borges

Aurora: Pablo Lanz; Diomedes Peña, Edosn Zenteno, Limbert Méndez e Carlos Barba; Iván Huayhuata, Jaime Robles, Edward Zenteno e Ronald Segovia; Fernando Sanjurjo e Augusto Andaveris. Técnico: Juli César Baldivieso

Árbitro: Julio Quintana Rodriguez (Paraguai)

Top