Chelsea vence Barcelona por 1×0 em Londres

O Chelsea derrotou o Barcelona na semifinal da Liga dos Campeões da Europa, nesta quarta-feira (18). Aproveitando o contra-ataque após Lampard aplacar Messi, Ramires…

Por Editorial MDT em 18/04/2012

Após Lampard aplacar Messi, Ramires cruzou e Drogba, marcou o gol da vitória.

O Chelsea derrotou o Barcelona na semifinal da Liga dos Campeões da Europa, nesta quarta-feira (18). Aproveitando o contra-ataque após Lampard aplacar Messi, Ramires cruzou e Drogba realizou o gol da vitória. A partida foi de 1×0, no Stamford Bridge, em Londres.

A partida de volta será na próxima terça-feira, no Camp Nou. O Barça deve ganhar por dois ou mais gols para continuar na disputa. Caso a partida for de 1×0 a decisão será tomada nos pênaltis. Na outra chave, estão Real Madrid e Bayern de Munique. Nesta terça-feira, jogando em casa os alemães venceram por 2×1 e a partida de volta será na próxima quarta-feira, no Santiago Bernabéu, em Madri.

Desde o começo do confronto, o Chelsea estava recuado e contava apenas com o atacante Drogba. Assim, o Barça conteve completamente a posse de bola e acumulou várias oportunidades. O gol quase ocorreu duas vezes: aos nove minutos, quando Sanchez encobriu Cech e acertou a trave e aos 42, quando Messi aplacou Mikel no meio de campo e chutou para  Fábregas tentar na saída do goleiro.

O Barça dominou completamente a posse de bola e acumulou várias oportunidades para realizar o gol.

No entanto, aos 46 minutos, Lampard, em jogo fraco, aplacou Messi e rapidamente chamou Ramires pela esquerda que logo avançou e já dentro da área chutou rasteiro para Drogba marcar 1×0.

O segundo tempo começou com cenário parecido. O Chelsea acirrou ainda mais a defesa e colocou Drogba para marcar o meio campo. Mesmo sem contar com o clássico brilho de Messi e Xavi, o Barça sustentou a posse de bola, mas sem muitos sustos.

Aos 11 minutos, Fábregas em jogada com Sanchez, perdeu oportunidade inexplicável, que determinou o treinador a colocar Pedro em seu lugar, aos 20 minutos. Devido ao intensa pressão do Chelsea, o Barcelona perdeu muito tempo tocando a bola sem efetividade. Fábregas foi substituído por Thiago Alcântara e Xavi por Cuenca, mas a segurança do Chelsea seguiu firme.

Top