Atlético Mineiro e seus vexames em 2011

A cada ano que passa o torcedor do Atlético Mineiro coleciona decepções e mais decepções com o desempenho do time. E na temporada de…

Por Redacao em 29/12/2011

Principal reforço do Atlético para a temporada, atacante André demorou emplacar. (Foto/Divulgação)

A cada ano que passa o torcedor do Atlético Mineiro coleciona decepções e mais decepções com o desempenho do time. E na temporada de 2011 não foi diferente. Em todas as competições que disputou o Galo não obteve êxito e viu mais um ano passar em branco.

Pelo Campeonato Mineiro, a equipe atleticana fez uma campanha boa, que levou o time até a final da competição. Entretanto, na decisão o Galo sucumbiu diante do rival Cruzeiro e ficou com o vice-campeonato.

Pela Copa do Brasil, o Atlético Mineiro envergonhou seus torcedores, já que foi eliminado na segunda fase do torneio pelo Grêmio Prudente, de São Paulo, após derrota fora de casa e empate sem gols como mandante.

No segundo semestre, os vexames continuaram acompanhando o Galo. Na Copa Sul-Americana, a equipe mineira foi desclassificada também na segunda fase, ao perder os dois jogos para o Botafogo.

No Campeonato Brasileiro, o Atlético passou a maior parte do torneio na zona do rebaixamento e conseguiu escapar do descenso depois de uma boa sequencia de jogos no segundo turno da competição. Para fechar o ano de insucessos, o Atlético ainda foi goleado pelo rival Cruzeiro por 6 a 1, na última rodada do nacional.

Depois de um ano a ser esquecido, a diretoria do Galo precisa repensar uma série de aspectos na montagem do elenco para tentar ter uma temporada mais digna no próximo ano.

Top