China: Experimente a morte por 40 dólares

China: Experimente a morte por 4 dólares. É o que estão oferecendo dois empreendedores chineses, que lançaram um simulador de morte através do qual…

China: Experimente a morte por 4 dólares. É o que estão oferecendo dois empreendedores chineses, que lançaram um simulador de morte através do qual os usuários podem passar pela experiência de serem cremados (de brincadeira, é claro).

China: Experimente a morte por 40 dólares (Foto Ilustrativa)

A morte costuma despertar medo e também curiosidade em muitas pessoas, interessadas em saber o que irão sentir na hora de morrer, se vai doer e até mesmo sobre o que acontece depois da morte.

Como não existe nenhuma maneira de descobrir respostas para essas e outras perguntas a respeito da morte, pelo menos até o momento, dois empreendedores asiáticos tiveram uma ideia, que pode levar as pessoas a lidarem melhor com a morte: fazê-las se sentirem mortas, através de uma simulação.

Hamburguer azul é vendido na China e causa espanto

China: Experimente a morte por 40 dólares

Os participantes do jogo passam por uma experiência de cremação, na simulação (Foto Ilustrativa)

Ding Rui e Huange Weiping são os empreendedores por trás do simulador de morte que vem fazendo sucesso na China. Trata-se de um jogo, chamado “Samadhi – Experiência 4D da morte”, que é uma das atrações do parque de diversões Window of the World, instalado na cidade de Shenzhen.

Os participantes competem em uma série de desafios, cuja finalidade é evitar a penalidade maior: a morte. Os jogadores que perdem são colocados em um caixão, que é e levado a uma grande fornalha, por meio de esteiras, onde será aquecido a uma temperatura de 40 graus Celsius.

O objetivo da brincadeira é fazer com que as pessoas reflitam sobre a vida e a morte (Foto Ilustrativa)

Casal chinês vende filho devido a vício em jogos online

Leia Também:  Cobra falsa coral albina de duas cabeças nasce na Flórida (EUA)

Além do aquecimento, surge uma combinação de ar quente e luz que, segundo os criadores do projeto, funciona como uma experiência de cremação autêntica. Após essa etapa, aparece um útero projetado no teto do caixão e os jogadores escutam um coração bater, ao mesmo tempo em que uma luz brilhante emerge, em uma área branca e acolchoada, representando o renascimento. Para finalizar a brincadeira, os participantes engatinham até a luz.

Para participar dessa brincadeira sombria, cada pessoa paga o equivalente a 40 dólares, que pela cotação atual da moeda americana, dá aproximadamente R$ 120.

Outros simuladores de morte fazem sucesso na Ásia

Vários simuladores de morte têm surgido na Ásia, nos últimos anos (Foto Ilustrativa)

Um grande número de simuladores de morte, diferentes do citado acima, têm surgido na Ásia ultimamente, proporcionando aos usuários uma experiência de morte. Em alguns casos, os interessados em participar desses projetos chegam a pagar até 4 mil dólares.

Invenção maluca facilita vida das mulheres

Especula-se que o motivo pelo qual há grandes demandas por esse serviço naquela região é que muitos países asiáticos apresentam altos índices de suicídios e, dessa forma, as pessoas estariam tentando tratar esse problema, de alguma forma.

Top