Câncer de olho: saiba mais

Muitas pessoas nem imaginam, mas os olhos são regiões do corpo também susceptíveis a problemas como os cânceres. Apesar de serem muito mais raros…

Muitas pessoas nem imaginam, mas os olhos são regiões do corpo também susceptíveis a problemas como os cânceres. Apesar de serem muito mais raros do que outras neoplasias, como as de pele e pulmonar, essa doença pode afetar várias pessoas com sintomas sugestivos, mas desconhecidos pela maioria da população. Se mantenha bem informado sobre o assunto e saiba mais a respeito do câncer de olho.

Conheça os exames que recém-nascido deve fazer.

É importante ficar atento com a saúde dos olhos. (Foto: divulgação)

Melanoma de coroide

O melanoma de coroide é câncer ocular mais frequente. Bem mais comum em adultos e com as chances de ocorrência aumentada com o passar da idade. A incidência dessa doença tem aumentado nos últimos tempos, muito provavelmente devido à maior adesão aos exames de rotina para averiguação da saúde dos olhos.

Capaz de atingir diferentes partes dos olhos, indo desde a pálpebra até estruturas localizadas internamente, como a íris, a parte mais acometida por esse tipo de tumor é a coroide, que só pode ser examinada com o auxílio de ferramentas específicas e após a dilatação da pupila. Por isso o exame de fundo de olho, ou mapeamento da retina, é indicado para todo paciente com mais de 40 anos. Os sintomas mais comuns são inespecíficos, como diminuição da acuidade visual, perda de campo visual, sombras na vista, dor local e olhos hiperemiados.

O tratamento mais adequado para esse tipo de tumor é a braquiterapia, ou seja, aplicação de radiação apenas no local de apresentação do tumor. Em caso de lesões maiores, pode ser necessária a remoção de todo olho afetado, que pode ser seguida da colocação de uma prótese com bons resultados estéticos.

Leia Também:  Cruzeiros Marítimos em 2016, Janeiro, Fevereiro e Março 2016

Vale ressaltar que o diagnóstico precoce é fundamental para uma evolução mais favorável, pois 1 em cada 4 pacientes podem desenvolver metástases, que contribui muito para um maior índice de mortalidade.

O melanoma de coroide é mais comum em adultos. (Foto: divulgação)

Retinoblastoma

Originários das células da retina, esse câncer possui prevalência de até 90% em crianças com menos de 5 anos de idade. Apesar das chances de cura serem grandes, o diagnóstico precoce é muito importante, pois está relacionado com um melhor prognóstico e permite que o tratamento curse com menos efeitos colaterais.

O retinoblastoma pode ter origem hereditária ou não hereditária. A diferença é que quem sofre da doença hereditária tem a chance de desenvolver o tumor em ambos os olhos, além da maior chance de vir a apresentar outros tipos de câncer. Essa doença pode ser diagnóstica com a criança ainda na maternidade, através de um mapeamento de retina.

Os principais sinais e sintomas são estrabismo e pupila do olho branca (ao invés de vermelha) na presença de luz, chamada de “olho de gato” (esse sinal pode ser observado em fotográficas batidas com flash). Pessoas com familiares que sofreram com esse tipo de problema devem redobrar os cuidados e ficar muito mais atentos a qualquer sintoma.

Saiba quando o brilho nos olhos de crianças pode revelar câncer.

O retinoblastoma causa o efeito chamado olho de gato. (Foto: divulgação)

O câncer de olho é um problema sério, capaz de causar sinais e sintomas inespecíficos que podem acabar atrasando a procura por um médico. Apesar do melanoma de coroide o do retinoblastoma serem os cânceres oculares mais comuns, é importante destacar que outros tipos de tumores podem afetar os olhos, inclusive metástases de neoplasias mamárias e pulmonares.

Leia Também:  Choque anafilático: o que é, sintomas

Top