Brincadeiras para estimular cada idade da criança

Pular, andar, correr, sentar durante os primeiros anos de vida faz com que a criança desenvolva suas habilidades motoras. Os pais devem ajudar e estimular…

Pular, andar, correr, sentar durante os primeiros anos de vida faz com que a criança desenvolva suas habilidades motoras. Os pais devem ajudar e estimular os filhos em cada uma de suas fases. Para isso, selecionamos dicas de brincadeiras para estimular cada idade da criança. Confira.

Dos 2 aos 3 anos é importante estimular as habilidades da criança e sua criatividade. (Foto: divulgação)

Crianças e suas fases

Cada criança necessita de uma brincadeira ideal para sua fase, que vai auxiliar no seu desenvolvimento e aprendizado. Para ajudar o pequeno é preciso saber escolher os brinquedos corretos e entrar na brincadeira.

As crianças gostam muito de brincadeiras. E os pais adoram vê-las se divertindo. Mas deixar que façam o querem com os brinquedos vai muito além do que a simples diversão. É através da interação com objetos que os pequenos desenvolvem as habilidades como coordenação motora, raciocínio e aprendizado. Por isso é importante investir nas brincadeiras para cada fase.

Estimule cada fase da criança corretamente através das brincadeiras. (Foto: divulgação)

Veja também brincadeiras ideais para cada idade 

Brincadeiras para estimular cada idade da criança

1. Até os 3 meses: é nessa fase que a criança aprende a sustentar a cabeça. Por isso ajude-a no fortalecimento dos músculos do pescoço. Colocar a criança de bruços na cama e chamar sua atenção com algum objeto fará com que ela levante o rosto. Além disso, bater palmas fora do campo de visão do pequeno é ideal para ele localizar de onde vem o som mexendo a cabeça;

2. De 3 a 6 meses: o tronco já está mais firme.  Por isso, coloque a criança sentada no colo e também na cama, com auxílio de apoio nas costas. Isso fará com que seja desenvolvida a musculatura da região;

Leia Também:  Como conseguir aparelho auditivo de graça

3. De 6 a 9 meses: tire o pequeno da cadeirinha e coloque-o no chão para que ele possa engatinhar. Faça o jogo de ficar um pouco mais longe e coloque objetos a certa distância para que ele vá pegar;

4. De 1 ano a 1 ano e meio: nesse período a criança já consegue andar sozinha. Por isso ajude- a trabalhar o equilíbrio. Ofereça brinquedos que possam ser puxados, como um carrinho amarrado com barbante. Coloque também várias caixas de tamanhos diferentes e peça para que ele coloque umas dentro das outras. Isso fará com que ele desenvolva a compreensão;

5. De 2 a 3 anos: permita nessa fase que ele folheie as revistas, rasgue-as e amasse as páginas, pois é uma excelente forma de estimular a coordenação motora das mãos. Fale para ele sobre as partes do corpo e vá apontando, para que seja despertada a consciência corporal e controle das mãos;

6. De 3 a 4 anos: ajude-o a empilhar objetos, estimulando o controle neuromotor. Estimule-o a desenhar formas geométricas, começando pelo círculo. Dessa forma, ele pratica a coordenação motora fina, responsável pelos movimentos mais delicados do corpo.

Os pais devem apostar em brincadeiras que estimulem a coordenação motora da criança. (Foto: divulgação)

Veja também brincadeiras com bebês, dicas 

Os pais possuem papel fundamental no desenvolvimento e aprendizado dos filhos. Por isso devem apostar nas brincadeiras que estimulem cada fase da criança. Dessa forma, o pequeno obtém coordenação motora, criatividade, inteligência e agilidade. Aposte nas dicas citadas e ajude no desenvolvimento do seu filho.

Top