Mitomania: saiba mais sobre o problema

Apesar de não ser uma coisa que alguém se orgulhe, no fundo todo mundo já acabou falando uma mentirinha em determinado momento da vida.…

Apesar de não ser uma coisa que alguém se orgulhe, no fundo todo mundo já acabou falando uma mentirinha em determinado momento da vida. Infelizmente a mentira é algo que faz parte do dia a dia da maioria das pessoas, seja proferindo, acreditando ou simplesmente identificando essas inverdades.

A mitomania é um problema mais sério do que algumas pessoas podem imaginar. (Foto: divulgação)

Há quem diga que uma mentirinha não faz mal, mas a realidade não é bem essa. Alguns indivíduos podem acabar transformando a mentira em uma segunda realidade, mais conveniente e atrativa, e passam a divulgá-la como se fosse verdade absoluta. Esclareça algumas dúvidas e saiba mais sobre a mitomania.

Diferença entre o mentiroso e mitômano

Nem todo mundo que tem o hábito de mentir pode ser considerado portador de mitomania, e existem algumas diferenças entre essas duas situações. A divergência mais importante é que, enquanto o indivíduo mentiroso acaba mentindo por razões práticas, o mitômano mente porque encontra, em suas fantasias, uma maneira de tornar a vida mais prazerosa.

Geralmente o mitômano possui baixa autoestima e dificuldade em aceitar suas limitações. (Foto: divulgação)

Em outras palavras, o mitômano geralmente é uma pessoa com baixa autoestima, que se sente inferiorizado, não aceita suas limitações, é extremamente inseguro e acaba encontrando na mentira uma forma de engrandecer o ego e acreditar em si mesmo. É o tipo de pessoa que acredita nas próprias mentiras, pois encontra nelas uma forma de consolo para a situação em que vive e no modo como se sente.

Primeiros sinais de mitomania

Geralmente os mitômanos costumam dar os primeiros sinais da doença durante a infância. Infelizmente o diagnóstico do problema não é fácil de ser realizado durante essa fase da vida, pelo fato do senso de realidade infantil ser completamente diferente ao do adulto.

Leia Também:  Sapatos sociais masculinos Italianos

Os pais não podem confundir as fantasias infantis com mitomania e devem saber como lidar com as mentiras infantis de forma saudável e que estimule o amadurecimento dos filhos. Entretanto, é preciso ficar atento aos pequeninos que passam da fase pré-escolar e se mostram incapazes de amadurecer para tolerar e superar as frustrações da vida. Quando a criança começa a mentir compulsivamente e acreditar em suas próprias histórias é sinal de que ela se sente inadequada ou inferior. Os pais devem intervir nesse momento, procurando auxílio especializado.

Pode ser difícil diferenciar o mentiroso do mitômano. (Foto: divulgação)

A mitomania é um problema que pode surgir em qualquer momento da vida, apesar dos primeiros sinais normalmente aparece após um grande fracasso. Muitas pessoas não sabem como lidar com um mentiroso, mas pessoas portadoras desse tipo de distúrbio não são mentirosos comuns e costumam ter sérios problemas com a autoconfiança e sentem dificuldade em aceitar suas limitações. O tratamento é feito em longo prazo e consiste em psicoterapia, que geralmente oferece bons resultados.

 

Top