Botox no combate a depressão

Botox no combate a depressão

Botox no combate a depressão causa espanto, mas é bem possível. Um estudo apresentado em um Congresso Mundial de Psiquiatria, realizado em setembro do…

Por Élida Santos em 20/01/2015

Botox no combate a depressão causa espanto, mas é bem possível. Um estudo apresentado em um Congresso Mundial de Psiquiatria, realizado em setembro do ano passado em Madri, na Espanha, mostra que a toxina botulínica do tipo A (o Botox), usado para suavizar rugas, pode trazer alívio na luta contra a depressão.

Botox no combate a depressão (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Alimentos Que Ajudam A Evitar Depressão

Botox no combate a depressão

Botox no combate a depressão pode ser muito usado em um futuro muito próximo. “A pesquisa é inovadora porque oferece uma nova abordagem para tratar a doença, e ela não entra em conflito com qualquer recurso já disponível”, explicou o psiquiatra Norman Rosenthal, professor da Georgetown Medical School, em Washington, nos Estados Unidos, e coautor do estudo, publicado no Journal of Psychiatric Research.

Fuja da depressão (Foto: Divulgação)

Procedimento usado pelos pesquisadores

Em parceria com o cirurgião dermatológico Eric Finzi, o pesquisador levou em consideração 74 pacientes dos dois sexos com diagnóstico de depressão moderada ou severa. O estudo apontou que 50% do grupo recebeu uma aplicação de Botox entre as sobrancelhas, nos músculos usados para franzir a testa, local onde se formam vincos que conferem a expressão de preocupação e tristeza – o chamado olhar bravo.

Tudo vale contra a depressão (Foto: Divulgação)

Saiba mais informações sobre: Dicas Para Sair Da Depressão Sem Remédios

Já a outra metade (o grupo controle) recebeu uma injeção nos mesmos locais, só que receberam uma solução salina. Para analisar a depressão, os participantes passaram por testes três semanas depois novamente, para uma nova avaliação.

Resultados da pesquisa

Basicamente, 52% dos participantes tratados com a toxina tiveram melhora bem grande contra a depressão, já o pessoal do outro grupo teve uma melhora de no máximo 20%. Esse não foi o primeiro trabalho a mostrar que a depressão pode ser amenizada com o a mudança das expressões, mas o foi o estudo mais amplo e contundente.

Aplique o botox e saiba como se livrar da depressão (Foto: Divulgação)

Estamos felizes porque rimos

Basicamente essa pesquisa quer mostrar que o riso vem antes da felicidade. Um rosto com expressões mais leves acabam ajudando muito as pessoas a terem mais sucesso contra a depressão. A mudança facial tem um efeito muito grande no ânimo das pessoas.

Top