Bolsa Universidade 2013 SP: inscrições

Os estudantes interessados em participar do Bolsa Universidade 2013 devem se inscrever no programa Escola da Família, uma iniciativa da Secretaria da Educação do…

Por Isabella Moretti em 29/01/2013

Os estudantes interessados em participar do Bolsa Universidade 2013 devem se inscrever no programa Escola da Família, uma iniciativa da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo. Para ter o direito de cursar a graduação gratuitamente, é necessário desenvolver atividades como voluntário do projeto.

O Bolsa Universidade SP é vinculado ao programa Escola da Família. (Foto::Divulgação)

Desde o início deste ano, o programa Escola da Família anunciou que estava em busca de voluntários para as ações que acontecem aos finais de semana nas 2.340 escolas da rede pública de São Paulo.

Saiba mais: Escola da Família 2013: como se inscrever

Inscrições para o Bolsa Universidade SP 2013

Os universitários que desejam participar do programa Bolsa Universidade 2013 terão o prazo de 4 a 15 de fevereiro para fazer a inscrição. No mês de janeiro será realizado o processo de classificação de candidatos que já estão cadastrados no ‘Escola da Família’.

Após o período de inscrição dos novos candidatos, o programa vai determinar a entrega da documentação dos candidatos de 4 a 18 de fevereiro. A aprovação das fichas pela Diretoria de Ensino acontecerá de 4 a 20 de fevereiro. Ainda no dia 20 será divulgado o resultado. Os novos bolsistas começarão as atividades no programa Escola da Família a partir de 02 de março.

O bolsista precisa participar do programa Escola da Família aos finais de semana. (Foto:Divulgação)

O bolsista deverá cumprir com todas as suas responsabilidades com o programa Escola da Família, caso contrário ele perderá o direito ao benefício. É importante lembrar ainda que as atividades planejadas serão supervisionadas pelos educadores responsáveis pela iniciativa em cada escola.

Para fazer a inscrição, basta acessar o site Escola da Família.

Sobre o Bolsa Universidade

O Bolsa Universidade funciona como uma espécie de convênio, no qual a mensalidade do curso superior é paga pela Secretaria de Educação juntamente com a instituição de ensino na qual o voluntário está matriculado.

A Secretaria de Estado da Educação de São Paulo é responsável por custear 50% do valor da mensalidade, que não pode ultrapassar R$ 310. As instituições conveniadas arcam com o restante da quantia.

Metade da bolsa é paga pela Secretaria da Educação e a outra pela instituição conveniada. (Foto:Divulgação)

Para ter acesso ao benefício, o bolsista precisa desenvolver atividades pelo Programa Escola da Família aos finais de semana. De preferência as ações devem estar em sintonia com a natureza do curso de graduação ou de acordo com as habilidades de cada um.

O programa Escola da Família é desenvolvido desde 2003, com o objetivo de ajudar a comunidade. Aos finais de semana, os voluntários desenvolvem ações junto com crianças, jovens, adultos e idosos. Cursos de idiomas, prática de esportes, teatro e oficina de artesanato são algumas das atividades desenvolvidas.

Veja também: Bolsa Universidade do Governo: Inscrições Escola da Família

Top