Alfabeto Japonês: Três Maneiras Diferentes

No alfabeto japonês: três maneiras diferentes podem confundir quem ainda está aprendendo sobre a língua japonesa. Aliás, também pudera, pois o alfabeto deles é…

Por Redacao em 28/08/2015

No alfabeto japonês: três maneiras diferentes podem confundir quem ainda está aprendendo sobre a língua japonesa. Aliás, também pudera, pois o alfabeto deles é um desafio para quem está acostumado a conhecer línguas como o inglês, que também tem lá suas diferenças, espanhol e brasileiro. Para justamente tentar esclarecer um pouco sobre o dialeto dos japoneses é que criamos este artigo, com algumas explicações e informações que você precisa conhecer caso esteja afim de conhecer mais sobre a língua.

Alfabeto Japonês: Três Maneiras Diferentes (Foto Ilustrativa)

☰ CONTEÚDO

Alfabeto Japonês: Três Maneiras Diferentes

Para você entender, no alfabeto japonês: três maneiras diferentes que, na verdade, se somam. Elas são nomeadas de Hiragana, Katagana e Kanji,  os dois primeiros sendo silabários e, o último, sendo o ideogramas. É a partir desses três alfabetos que o aluno vai aprender de fato o básico da língua. É como um processo de alfabetização numa escola, sem o estudo e empenho necessário, o estudante não conseguirá ler e nem ao menos interpretar.

Leia mais informações sobre: CURSO DE JAPONÊS, ESCOLAS, PREÇOS

Hiragana

Hiragana é o mais importante alfabeto da língua (Foto Ilustrativa)

O hiragana é o alfabeto mais importante entre os três e pelo menos 48 caracteres faz a composição do mesmo. Cada um representa na verdade uma sílaba e são esses que são usados para os estudos gramaticais e que são importantes para elementos de uma oração como adjetivos, conjunções e verbos.

Katagana

As instruções de produtos que lemos vindo do Japão são feitos com Katagana (Foto Ilustrativa)

Parecido com o Hiragana, o Katagana tem 48 caracteres (sílabas) representando apenas um som, porém, este é usado para denominar países, palavras oriundas do ocidente, produtos, onomatopeias e palavras estrangeiras. É muito comum encontrarmos elas nesses produtos que compramos ou adquirimos via internet e que veem de lá. É através desse alfabeto que temos o primeiro contato com a língua japonesa, que ainda está viva, por exemplo, em países como o Brasil. Claro, lá no Japão ela é fundamental, mas essas pequenas colônias em diversos países dão aos moradores a oportunidade de entrar em contato com a cultura de um país bem distante.

Leia mais informações sobre: CURSO DE ESPANHOL BÁSICO GRÁTIS

Kanji

Kanji também faz parte do alfabeto (Foto Ilustrativa)

O Kanji é composto por símbolos que caracterizam conceitos, ideias e mais de um significado com cerca de 40 mil (Kanji) imagens pictográficas.Se quiser aprender, comece logo e saiba que o tempo de estudo é fundamental para se aprender essa língua tão desafiadora, principalmente para que ainda está começando a aprender!

Quer mais dicas sobre línguas e educação? Aqui no Mundo das Tribos temos diversas dicas sobre esses e outros assuntos, fique por aqui!

Top