Agressividade e impaciência podem estar ligadas a gordura trans

A gordura trans é conhecida pelos males que causa à saúde, como obesidade, aumento do colesterol e problemas no coração. A substância, quando consumida em…

Além de aumentar o colesterol ruim, gordura trans também causa alterações comportamentais.

A gordura trans é conhecida pelos males que causa à saúde, como obesidade, aumento do colesterol e problemas no coração. A substância, quando consumida em excesso, pode afetar o funcionamento do organismo e aumentar as chances de desenvolver determinadas doenças, como enfarte e AVC.

Além de todos os danos causados à saúde humana, a gordura trans também tem sido associada ao comportamento agressivo e a impaciência das pessoas. A hipótese está sendo estudada pela Faculdade de Medicina de San Diego da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos.

Entenda a pesquisa

De acordo com a pesquisa, as reações comportamentais influenciadas pela gordura podem ser constatadas em homens e mulheres, de diferentes faixas etárias. Para que o estudo fosse realizado, os pesquisadores norte-americanos acompanharam 945 adultos, levando em conta principalmente os hábitos alimentares e as características comportamentais.

Depois de várias análises, conclui-se que quanto maior a quantidade de gordura consumida pelo indivíduo, mais agressivo ele se torna.  O histórico de agressividade de cada participante da pesquisa também foi avaliado e comprovou as associações feitas pelo novo estudo.

Segundo a pesquisa, o indivíduo que exagera no consumo da gordura, se torna mais agressivo.

Segundo Beatrice Golomb, uma das autoras da pesquisa, a tese demonstra o quanto à gordura trans pode ser danosa para a vida, não só com relação à saúde, mas também no que diz respeito ao relacionamento com os outros. Ela afirma que não é somente o consumidor da substância que se prejudica, mas sim as pessoas ao redor, que fazem parte do seu dia-a-dia.

Devido ao aumento da agressividade e intolerância, é importante que a gordura trans seja reduzida nas refeições diárias. Esta medida se torna fundamental em determinadas instituições, como é o caso de presídios e escolas.

Leia Também:  Acessórios para usar com roupas brancas: dicas

Sobre a gordura trans

A gordura provém de um processo químico chamado de hidrogenação e, quando consumida moderadamente, não afeta o organismo. No entanto, com a produção de alimentos industrializados crescendo, as pessoas estão ingerindo a substância com mais frequência e, na maioria das vezes, não se dão conta dos males causados por ela.

A gordura trans é encontrada na composição de alimentos como chocolates, sorvetes, salgadinhos, fast food, bolachas, pipoca de micro-ondas, frituras e todos os pratos que possuem a margarina como ingrediente. Quando entra em contato com o organismo, esta gordura não pode ser sintetizada e acaba se responsabilizando pelo aumento do  colesterol ruim.

A gordura trans está presente em grande quantidade nos alimentos industrializados e fast food.

Top