Agendas: como organizar

As pessoas têm vivido dias muito corridos. Quase todo o tempo acaba sendo tomado por obrigações a serem cumpridas, dentro e fora de casa.…

As pessoas têm vivido dias muito corridos. Quase todo o tempo acaba sendo tomado por obrigações a serem cumpridas, dentro e fora de casa. Administrar a própria rotina é necessário, mas nem sempre é fácil e, por isso, acaba-se fazendo muita confusão com os deveres e deixando coisas para trás. Muitas vezes, até mesmo marcando os compromissos, não se consegue aproveitar o tempo, de forma saudável e produtiva. A agenda é um ótimo aliado, para que as tarefas sejam organizadas e cumpridas. Entretanto, anotar as coisas de forma aleatória e sem critérios pode acabar transformando a vida em um transtorno. É preciso organizar a agenda, para otimizar o tempo e cumprir o que realmente é necessário.

Estabelecer o que é prioridade é essencial (Foto: Divulgação)

Organizando o tempo

É fato que o tempo psicológico não corresponde ao tempo real. Quando estamos realizando tarefas que nos proporcionam prazer, as horas parecem voar. Ao final, podemos até não nos sentir satisfeitos com o que fizemos, mas realizamos algo prazeroso, que nos trouxe benefícios psicológicos. Por outro lado, o cumprimento de obrigações parece fazer o relógio parar. Além disso, nem sempre esse período chega ao final com grandes satisfações. É por este motivo que as pessoas começam a se sentir frustradas e infelizes. É preciso saber dosar as horas do dia e os compromissos, de forma que as obrigações não sejam as únicas atividades. O compromisso consigo mesmo é tão importante quanto o trabalho e outros afazeres.

O lazer também deve fazer parte do planejamento (Foto: Divulgação)

Organizar a agenda para o trabalho ou para a escola é essencial, mas também não se pode deixar de lado os compromissos que a pessoa deve assumir com ela mesma. O lazer é muito importante e também deve fazer parte do planejamento semanal, anotado na agenda ou não. É preciso visualizar o decorrer do dia, de acordo com as tarefas rotineiras, reservando horários para os cuidados pessoais, pois sem eles a vida começa a se tornar um grande fardo. Academia, caminhadas, leitura ou qualquer outra atividade que preserve a saúde e dê prazer deve fazer parte da lista de tarefas a serem cumpridas, diariamente.

Leia Também:  Dicas para planejar o prato do restaurante

Estabelecer prioridades

Não adianta lotar a agenda, sem poder cumprir tudo que está nela (Foto: Divulgação)

De nada adianta lotar uma agenda com dezenas de metas, se nem todas poderão ser cumpridas. Isso acaba se tornando uma bola de neve, causando frustrações e desânimo. O resultado é que nem as tarefas mais importantes acabam sendo realizadas, com qualidade. É preciso estabelecer prioridades na agenda. Deve-se fazer uma análise profunda de tudo o que tiver de ser anotado, concluindo se tal ou qual item é realmente importante ou se somente irá dar volume à agenda. Não havendo tempo hábil para tudo, será inevitável sentir-se frustrado e improdutivo. Use canetas e lápis coloridos, marcando cada tipo de anotação com uma cor diferente, que corresponde à sua importância.

Para finalizar, é importante verificar, todos os dias, os compromissos marcados para os três dias seguintes, no mínimo. Assim, não se corre o risco de esquecer alguma coisa, mesmo tendo uma anotação na agenda, sobre ela.

Veja dicas para escolher a sua: Agendas 2013: dicas para escolher a sua

Estabeleça metas: Lista de resoluções para 2013: como fazer

Top