Menu

Bichos

Atualizado em 18 de junho de 2013, às 8:39
Você está em: MundoDasTribos > Úlcera no olho em cachorros: sintomas, como tratar

A úlcera no olho dos cachorros é um problema que deve ser tratado para evitar a cegueira. Saiba mais sobre o assunto.

Uma das condições mais comuns na oftalmologia veterinária é a úlcera de córnea. O olho vermelho é uma condição onde a conjuntiva fica inflamada e muitas vezes forma edemas. Com o passar do tempo, o olho começa a lacrimejar e doer fazendo com que o proprietário procure por cuidados veterinários. Saiba mais sobre como tratar e os sintomas da úlcera no olho em cachorros.

634402 A úlcera nos olhos pode comprometer a saúde dos cães. Foto divulgação Úlcera no olho em cachorros: sintomas, como tratar A úlcera nos olhos pode comprometer a saúde dos cães. (Foto: divulgação)

Úlcera no olho dos cachorros

A úlcera de córnea ocorre quando algo machuca a superfície do olho. As condições mais comuns incluem contato com plantas e galhos de árvore, arranhão por outro animal ou por si mesmo, produtos químicos e corpo estranho.

Um colírio corante especial é muito usado pelo veterinário para confirmar a lesão de córnea. Quando ela está prejudicada, o colírio colante se adere ao redor da lesão corando somente a região afetada.

Sintomas de úlcera no olho

Os olhos dos cães são mais propensos a úlceras de córnea, já que a prática de atividades pode causar riscos e lesões. A córnea arranhada pode acontecer devido a fricção com a pata, por folhas de grama e outros fatores. As úlceras também desenvolvem a partir de infecções oculares causadas por vírus ou bactérias, exposição a substâncias químicas ou calor.

Ela é principalmente observada em raças de cães com olhos protuberantes e também em cães idosos. Como se trata de uma condição dolorosa, os sintomas da úlcera de córnea podem aparecer com vermelhidões, opacidade, lacrimejamento, vermelho ou verde na forma de descanga de muco no olho. Além disso, pode surgir letargia e alterações no comportamento do cão.

 Úlcera no olho em cachorros: sintomas, como tratar É preciso ter cuidados com a saúde dos olhos dos cães. (Foto: divulgação)

Como tratar a úlcera no olho

A úlcera de córnea não é complicada, sendo capaz de se regenerar com facilidade. Quando a córnea está danificada, fica sujeita a infecções. Um antibiótico local deve ser aplicado durante quatro vezes ao dia.  A segunda parte do tratamento é alivio da dor. Isso é feito através da aplicação de colírios que reduzem a contração e espasmos da pupila. A medicação causa dilatação da pupila e por isso os animais ficam mais sensíveis a luz durante o uso.

O ideal é reavaliar a córnea com corante para ver se o tratamento está dando resultado. Em algumas condições, o tratamento médico falha sendo necessário fazer cirurgia. Para isso um médico veterinário especialista deverá ser consultado.

634402 Os colírios para cães são excelentes opções. Foto divulgação Úlcera no olho em cachorros: sintomas, como tratar Os colírios para cães são excelentes opções. (Foto: divulgação)

A úlcera em cães é um problema que deve ser tratado para evitar a cegueira. Os sintomas devem ser analisados cuidadosamente pelo especialista para dar início ao tratamento. Em alguns casos, é preciso saber como cuidar da cegueira em cães. O dono deve ficar de olho para os sinais e sintomas do cãozinho.