Menu

Brasil

Atualizado em 2 de setembro de 2013, às 17:56 por Carol Vergel ()
Você está em: MundoDasTribos > Como Escolher e Usar a Chapinha

A chapinha é seja um instrumento básico para muitas mulheres, mas existem tantos modelos, que na hora de escolher um fica complicado. Confira algumas dicas.

A maioria das mulheres preferem usar os cabelos lisos, mesmo que os enrolados estejam na moda, a prova disso é o sucesso que a chapinha faz. A chapinha é capaz de alisar os cabelos com rapidez e eficiência e sem precisar utilizar químicas. Ela vem evoluindo cada vez mais, no passado era feito de placas de alumínio, hoje elas possuem placas de cerâmicas, é usado até mesmo em técnicas de transformação e tratamento. A chapinha é seja um instrumento básico para muitas mulheres, mas existem tantos modelos, que na hora de escolher um fica complicado.

879 como escolher e usar a chapinha 300x300 Como Escolher e Usar a ChapinhaA escolha da chapinha deve ser de acordo com o tamanho do seu cabelo. (Foto: divulgação)

Quais os tipos de chapinha e quando são usadas?

As escovas definitivas, por exemplo, utilizam a chapinha para dar a forma lisa aos fios. As cauterizações, feitas com produtos termo ativados, utilizam a chapinha para garantir maior penetração das substâncias hidratantes e reconstrutoras do fio.

Algumas chapinhas de metal tem um termostato, que funciona esquentando e esfriando a chapa. Na prática, isso é ruim para os fios porque a pessoa acaba passando mais vezes à chapa na mesma mecha quando a temperatura abaixa o que acaba danificando o fio.

As chapinhas de cerâmica, é um material que não desgasta tanto com o tempo e não cria vincos facilmente, se for utilizada da maneira correta. E a vantagem da cerâmica é com relação à temperatura. A temperatura é estável devido o material, não sendo necessário passar a prancha muitas vezes no mesmo lugar.

A evolução na ionização das chapinhas também foi algo muito importante. Os íons neutralizam a eletricidade estática dos fios, ou seja, acabam com o arrepiado, contribuem para fechar as cutículas e a aumentar o brilho e a maciez.

Os íons também fazem à quebra das moléculas de água que estão na superfície dos fios, o que facilita a absorção delas pelos cabelos. O que resulta em uma maior hidratação e proteção para os fios.

Há também chapinhas que usam à tecnologia das ondas infravermelhas, que esquentam a parte mais central do cabelo e, por isso, não deixam danificar tanto a superfície dos fios.

879 como escolher e usar a chapinha 1 300x300 Como Escolher e Usar a ChapinhaEscolhendo a chapinha certa seu cabelo sofrerá menos danos. (Foto: divulgação)

Como escolher uma chapinha

Para escolher uma chapinha utilize os seguintes critérios:

Analise o comprimento dos fios. Para cabelos de médios a longos, as chapinhas mais largas são mais indicadas, por ser mais fácil de ser usada.

Para cabelos de médios a curtos, as melhores são as mais estreitas, pois são melhores, também, para modelar os fios, visto facilitar na hora de virar as pontas e para fazer ondulações nos cabelos.

Existem algumas marcas que oferecem modelos com duplas funções, de alisar e ondular os cabelos. Também com opções com dentinhos, que ajudam a alinhar os fios, e com lâminas em ziguezague, que servem para criar texturas para penteados.

É de fundamental importância conferir também a existência de um termostato no aparelho, caso ela seja de metal, que marca até 200° no máximo. Se for de cerâmica, verifique se esta é de boa qualidade e mantém mesmo a temperatura estável.

Se puder prefira uma de cerâmica e com íons, mas se quiser comprar a melhor mesmo, opte por uma que tenha, também, a tecnologia das ondas infravermelhas. De acordo com os especialistas, vale a pena investir nestes três quesitos. E para finalizar confira a facilidade de manutenção, para não perder o aparelho quando a garantia acabar.

O uso inadequado da chapinha ou sem uma proteção adequada pode promover queimaduras na superfície dos fios. O que resultaria na perda de queratina e no aparecimento de fissuras na cutícula, se a pessoa continuar a aplicar a chapinha nos fios sem cuidados, as fissuras vão abrindo cada vez mais até que os fios não resistem e arrebentam. O que deixará os fios ressecados e fragilizados.

Como usar a chapinha e sem agredir os fios

O cabelo deve estar limpo e seco. Secar bem os fios com o secador é fundamental antes de usar a chapinha, e fazer uma escova seria ideal, pois irá facilitar no deslizar da chapa. Use um bom produto termoativado para proteger os cabelos do calor e, de quebra, garantir o efeito liso por mais tempo. Use-o em todo o cabelo, sem exagero para não pesar os fios. Aqueça a chapinha antes de passá-la nos fios, para que fique na temperatura ideal e não seja necessário ficar passando várias vezes na mesma mecha de cabelo.

Comece a passar pelos fios de trás. Divida o cabelo em mechas, prenda os fios de cima e da frente. Passe a chapinha da raiz para as pontas e apenas uma vez em cada mecha. Passe a chapinha de forma contínua para não queimar os fios. No caso da prancha de metal que não tiver um termostato, que desliga a chapinha de tempos em tempos, a pessoa terá que fazer isso manualmente, tirando-a da tomada de vez em quando, para que ela não aqueça demais e queime os fios.

Lembre-se: a chapinha resseca os fios. É importante fazer hidratações no cabelo, tanto em casa como no salão, para restaurar a umidade perdida.