Valor do BPC será aumentado em 2022: veja!

PUBLICIDADE

O Benefício de Prestação Continuada (BPC), pagará um valor extra do benefício mensal de R$ 112,00 a partir de fevereiro deste ano. Devido aos reajustes no salário mínimo no ano de 2022 para R$ 1.212,00, diversos outros benefícios dados pelo governo também foram modificados. 

Esse valor disponível corresponde a diferença entre o salário de 2021 e 2022, isso significa que os que fazem parte do BPC poderão receber a quantia atualizada assim que os depósitos forem atribuídos.

O que é BPC?

O BPC é um auxílio para os idosos e para pessoas que possuem a renda baixa sejam deficientes e evidenciem vulnerabilidade, mesmo sem nunca ter feito alguma contribuição a Previdência. Um dos critérios para ter acesso ao benefício, é a análise da renda familiar, que este ano cada integrante da família precisa ter a renda entre os valores de R$ 303,00 e R$ 606,00. 

PUBLICIDADE
Valor do BPC será aumentado em 2022 veja!
Fonte/Reprodução: original

Nesse sentido, para os idosos, foi decretada a análise sem necessidade de locomoção até a agência portando a  documentação original. Até o mês de junho, o INSS planeja acatar com o período dado pelo Supremo Tribunal Federal de até 3 meses (90 dias) para realizar as análises.

Porque o valor do BPC será aumentado?

O motivo disso foi o aumento do salário mínimo de R$ 112,00, sendo este o novo valor do benefício, por significar a diferença entre a quantia dos salários de 2021 e 2022. Mas não só o benefício do BPC foi mudado, como também vários outros apresentaram alterações.

Quem pode pedir o BPC?

Aqueles que podem pedir o benefício são, idosos com a idade de 65 anos ou mais e, pessoas que possuam alguma deficiência e provem que consigam se sustentarem e nem possam ser sustentados pela família. É preciso também comprovar a renda familiar pata o cumprimento dos requezitos.

Como solicitar?

Para realizar a solicitação, é necessário ter cadastro no cadúnico pelo do Centro de Referência da Assistência Social, para os que já possuem o cadastro, é preciso que este esteja atualizado. Entretanto, devido à pandemia gerada pela covid-19, os atendimentos serão remotos.

PUBLICIDADE

Atenção: Os atendimentos presenciais só poderão ser ocorrer com um agendamento e em situações de urgência como a perda de benefícios.

Leia também:

Comentários fechados

Os comentários desse post foram encerrados.