Editorial MDT 25/07/2016 Notícias

O termo “olho de peixe” é popularmente utilizado para se referir a qualquer lesão hiperqueratótica que aparece na região plantar, ou seja, qualquer lesão mais durinha que aparece na sola dos pés. Na grande maioria dos casos a verruga plantar é a causadora do problema, que pode ser facilmente tratado com algumas medidas simples. Acabe com as principais dúvidas sobre o assunto e saiba qual o tratamento para olho de peixe.


Confira algumas dicas para acabar com o olho de peixe de uma vez por todas. (Foto: divulgação)

Tratamento para olho de peixe

Como identificar o olho de peixe

O verdadeiro olho de peixe, que recebe o nome técnico de verruga plantar, assim como a maioria das outras formas de verruga, é o resultado de uma infecção viral, que nesse caso, é provocado pelo HPV (papilomavíus). Devido essa natureza infecciosa, as lesões podem acabar se disseminando para outros locais e até mesmo contaminar outras pessoas. A identificação do problema e intervenção precoce é fundamental para evitar complicações e até mesmo uma remoção cirúrgica das lesões.

O olho de peixe é caracterizado por uma região endurecida e hiperqueratórica (com espessamento da pele), que apresenta um pontilhado escuro. A dor local é o principal fator capaz de diferenciar esse tipo de lesão da verruga vulgar.

Ainda assim o diagnóstico definitivo não é clínico e está baseado em exames laboratoriais, capazes de descartar outras hipóteses diagnósticas, como os cravos plantares, que são frequentemente confundidos com o olho de peixe.

O olho de peixe é conhecido pelo nome técnico de verruga plantar. (Foto: divulgação)

Como tratar o olho de peixe

Confira algumas dicas dos principais tipos de intervenção para o olho de peixe e saiba como acabar com esse problema de uma vez por todas.

  • Evite traumas sobre a verruga, pois esse tipo de lesão costuma sangrar com facilidade e o atrito ainda é capaz de fazer as verrugas se desenvolverem em outros locais;
  • Caso identifique uma verruga plantar, não deixe de procurar auxílio médico, para que possa ser instituído o tratamento mais adequado. Enquanto em alguns casos está indicada a remoção cirúrgica da lesão, em outros é possível optar aplicação de substâncias cáusticas e corrosivas. O tipo de tratamento depende do número de lesões na pele, de sua localização e extensão;
  • Caso as lesões sangrem, evite a realização de curativos oclusivos e procure limpar toda secreção o mais rápido possível;
  • Caso o olho de peixe se localize em uma região bastante vulnerável ao trauma, tente proteger a região ao máximo e procure auxilio médico.

O olho de peixe é conhecido pelo nome técnico de verruga plantar. (Foto: divulgação)

O olho de peixe, conhecido pelo nome técnico de verruga plantar, é uma lesão causada pelo vírus HPV. Existem várias formas de tratamento do problema, mas é necessário ressaltar a importância de procurar orientação médica, para que seja instituída a terapia mais recomendada para cada caso.

Outros artigos

Cursos gratuitos Sesc do Amapá 2015

20/10/2015

Cursos gratuitos Sesc do Amapá 2015

Estão abertas as inscrições para vários cursos gratuitos Sesc do Amapá 2015, que são uma excelente opção para quem reside no estado e possui interesse em adquirir no...

Coletes: dicas para usar

30/07/2012

Coletes: dicas para usar

Os coletes estão aparecendo neste inverno em diversos estilos diferentes. Eles são estampados, lisos, listrados, com estampa xadrez, feitos em tecidos nobres, malhas...

Almofadas personalizadas para casamento

14/05/2011

Almofadas personalizadas para casamento

A oferta de produtos para casamento é diversa, mas nem sempre é possível aliar criatividade, funcionalidade e ainda representar o significado de ser uma  lembran...