Tratamento Gratuito Para Vitiligo

Tratamento Gratuito para Vitiligo é oferecido no Brasil pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A doença provoca a perda da pigmentação da pele, com sintomas de manchas brancas de diferentes tamanhos pelo corpo, não é contagiosa e atinge a parcela de 2% da população mundial. Se possui alguma suspeita em relação à doença, não se preocupe. Vitiligo tem tratamento, não traz prejuízos a saúde física e é possível optar pelo serviço gratuito. Confira mais como fazer o tratamento gratuito vitiligo.

Tratamento Gratuito para Vitiligo. (Imagem: Divulgação).

Tratamento Gratuito para Vitiligo no Brasil

Especialistas alertam que o Vitiligo é uma doença causada pela manifestação da falta de células responsáveis pela formação da melanina pigmento que dá a cor à pele, também conhecida como melanócitos. O problema, que resulta na despigmentação da pele, pode atingir as áreas de axilas, joelhos, mãos, cotovelos e rosto.

Cabelos, cílios, sobrancelhas ou barba também podem ser atingidos pela falta de pigmentação. Assim como a cor dos tecidos que revestem o interior da boca e nariz. A retina, a camada interna do globo ocular, é outra área que pode ser afetada pela doença. Umbigos e órgãos genitais também registrar a falta de coloração da pele.

Tratamento Gratuito para Vitiligo é mais frequente entre as faixas etárias entre 10 e 15 anos e 20 e 40 anos.

Vitiligo: As causas e tratamento!

É possível encontrar tratamento gratuito para vitíligo. (Imagem: Divulgação)

O Vitiligo pode ser causado por meio de transferência genética hereditária ou por causas emocionais, tais como estresse ou eventos traumáticos. Ferimentos e queimaduras provocadas pelos raios solares também podem provocar a doença, que ainda pode se manifestar por meio de doenças como diabetes e tiroide.

Os pacientes que possuem vitiligo relatam sentir sensibilidade na área afetada pelas manchas, mas a grande preocupação dos médicos dermatologistas é com os sintomas emocionais que a doença pode acarretar à pessoa.

O tratamento gratuito para vitiligo é oferecido pelo SUS, por meio de opções terapêuticas, fototerapia, laser e remédios disponíveis na rede pública de saúde.

– Fototerapia: Tratamento realizado por meio da radiação ultravioleta B, indicado para todas as formas e níveis da doença. É eficaz, principalmente, em lesões no rosto e no tronco. O tratamento também pode feito pela fototerapia com ultravioleta A (PUVA).

– Laser, técnicas cirúrgicas e até transplante de melanócitos são alguns tratamentos eficazes contra o vitiligo.

O tratamento psicológico também é uma das etapas de prevenção contra o vitiligo, visto que muitos casos da doença resultam e problemas com autoestima.

Tratamento Gratuito Vitiligo – Como fazer?

O SUS oferece tratamento gratuito para vitíligo. (Imagem: Divulgação)

O paciente pode encontrar, no SUS, a opção de tratar o vitiligo de graça. O primeiro procedimento é fazer o diagnóstico da doença em uma UBS (Unidade Básica de Saúde) ou em um posto de saúde, mais próximo. Na consulta, especialista fará o diagnóstico e iniciará o tratamento. No SUS, o tratamento gratuito para vitiligo é oferecido por meio de medicamentos, que irão combater a doença.

Um dos tratamentos gratuitos referência no Brasil em vitiligo é oferecido pela Universidade Federal de São Paulo, por meio do ambulatório geral de Dermatologia.

Em São Paulo, por exemplo, é possível fazer a busca de uma unidade de atendimento por meio do Sistema De Localização de Estabelecimento e Saúde da Rede SUS pelo site: http://buscasaude.prefeitura.sp.gov.br/

Prevenção do Vitiligo

É possível prevenir o vitiligo. (Imagem: Divulgação).

Uma das medidas importantes para evitar a doença é a prevenção. Entre os fatores que podem contribuir para o aparecimento da doença estão novas lesões pelo corpo, evitar roupas apertadas e que provoquem atrito com a pele do corpo e diminuição da exposição aos raios ultravioleta. Especialistas ainda orientam aos pacientes que diminuam o estresse do dia a dia. Assim, evita-se a necessidade de qualquer tipo de tratamento.

9 Comments - Add Comment

Reply