quarta-feira, 10 de agosto de 2022 - 10/08/2022 20:03:16
MundodasTribos

O diabete tipo 2 é uma doença crônica que interfere na vida dos seus portadores. Sua principal característica é o alto nível de açúcar no sangue, por isso o indivíduo diabético deve manter uma dieta alimentar balanceada e ter hábitos saudáveis de vida.

O diabete tipo 2 se manifesta quando a insulina não é processada adequadamente pelo organismo. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Café descafeínado combate diabetes tipo 2

O que este artigo aborda:

Sobre o diabete tipo 2

A insulina é responsável por transportar o açúcar do sangue às células. No corpo do diabético, ela não é processada adequadamente, por isso a glicose acaba se acumulando no sangue e desencadeia um processo chamado de hiperglicemia.

Os primeiros sintomas do diabetes tipo 2 são: infecções frequentes, aumento da sede, aumento no volume da urina, dormência nas mãos ou pés e visão turva. Logo que os primeiros sinais da doença se manifestarem, é importante procurar um médico para fazer os exames que oferecem um diagnóstico.

O tratamento do diabetes tipo 2 tem como objetivo controlar os níveis de glicose na corrente sanguínea. Desta forma, o paciente passa a incluir uma dieta saudável e atividades físicas na sua rotina, tudo para prevenir os problemas provenientes do diabetes.

Para tratar a doença, o diabético precisa manter o controle glicêmico. (Foto:Divulgação)

O autoexame é uma forma de manter a glicose sobcontrole. Por isso é interessante que a pessoa com diabetes tenha um glicosímetro, um dispositivo que mede a concentração de açúcar no sangue. Os resultados dos testes vão mostrar se é preciso alterar as refeições, os medicamentos ou as atividades.

Se o controle glicêmico continuar insuficiente, mesmo com os hábitos saudáveis, o paciente terá que realizar um tratamento medicamentoso. Estas drogas podem ser administradas junto com as injeções de insulina ou não, tudo depende da gravidade do diabetes.

O número de pessoas que sofrem de diabetes do tipo 2 tem aumentado no mundo, principalmente por causa da obesidade e do sedentarismo. Com a doença se tornando um problema de saúde mundial, os cientistas estão procurando aprimorar ainda mais o tratamento.

Novidades no tratamento do diabetes tipo 2

Os remédios baseados na incretina representam a nova opção de tratamento. (Foto:Divulgação)

Pesquisas apontam que há no mundo aproximadamente 350 milhões de diabéticos do tipo 2. Estas pessoas convivem diariamente com os desafios de portar uma doença crônica e precisam adotar hábitos saudáveis para não padecer de outras moléstias.

Apesar de não existir ainda uma cura definitiva para o tipo de diabetes mais comum no mundo, os cientistas garantem que é possível manter um amplo controle sobre a doença, graças aos medicamentos modernos que estão sendo desenvolvidos pela indústria farmacêutica.

Os novos remédios que controlam o diabetes tipo 2 são baseados na incretina, um hormônio normalmente produzido no intestino e responsável por estimular a produção de insulina pelo pâncreas. Além de controlar melhor a doença, os medicamentos também causam menos efeitos colaterais.

Veja também: Musculação reduz risco de diabetes tipo 2

O conteúdo "Tratamento do diabetes tipo 2: novidades" foi feito por Isabella Moretti e distribuído por MundodasTribos na categoria Bem Estar em .

Isabella Moretti

Publicitária, pós-graduada em Gestão da Comunicação em Mídias Digitais. É também empresária e CEO & Founder do ViaCarreira

1

Pode ser do seu interesse

Rocambole de leite em pó

Rocambole de leite em pó

Vestido de noiva ideal, como escolher

Vestido de noiva ideal, como escolher

Dieta do lema só mais cinco minutinhos

Dieta do lema só mais cinco minutinhos

Conheça as cirurgias corretivas da face

Conheça as cirurgias corretivas da face

Esfoliante Solution Avon

Esfoliante Solution Avon

Cuidados especiais ao usar protetor íntimo

Cuidados especiais ao usar protetor íntimo