Tosse Crônica: Como Acontece?

  Deveríamos aprender que prevenção é o melhor remédio, às vezes simples atitudes como a ingestão de água, a umidificação do ambiente e outras…

 

Deveríamos aprender que prevenção é o melhor remédio, às vezes simples atitudes como a ingestão de água, a umidificação do ambiente e outras poderiam contribuir na prevenção de algumas doenças respiratórias.

A tosse pode aparecer em momentos inusitados, ela surge para expelir secreções respiratórias e assim evitar possíveis infecções no organismo. Se a tosse permanecer por mais de oito semanas, há uma indicação crônica, nesse caso é aconselhável procurar um especialista na área.

A tosse pode iniciar-se com um simples resfriado, uma crise alérgica ou até mesmo uma pequena irritação nas vias nasais, através do gotejamento nasal, asma, refluxo, gastroesofádigo.

Nos casos de gotejamento, as secreções nasais escorrem para a parte posterior da garganta, causando infamações e a tosse crônica.

A necessidade de eliminar a secreção mucosa dos brônquios é recoberto por uma finíssima capa de célula que, ao se inflamarem diante de uma infecção, desprendem-se e acumulam-se, formando uma mucosidade que é expulsa pela tosse.

A tosse com expectoração manifesta-se, sobretudo pela manhã ao se levantar. Em estados muito avançados, pode aparecer dificuldade respiratória. A asma, muitas vezes tem como único sintoma a tosse, provocando chiado e falta de ar. Já no refluxo, a tosse aparece por conta do retorno do ácido estomacal para o esôfago.

A tosse crônica também pode acontecer devido a infecções do aparelho respiratório, pneumonia e resfriados, da poluição, da bronquite, ajuda e remédios para pressão alta. O ar seco também reforça e muitas vezes, agrava essa situação.

O tratamento adequado para a tosse crônica e qualquer outra doença só pode ser diagnosticado por um especialista, é ele quem pode identificar a causa, solicitar exames e assim prescrever a medicação apropriada ao paciente. Os medicamentos devem ser ministrados até o fim do tratamento, mesmo que a pessoa melhore antes.

É sempre bom lembrar que a automedicação é muito perigosa e pode agravar seu problema.

Top