Tipos de leite: diferenças, como escolher

Foi-se o tempo em que o leite era definido pelo tipo de embalagem. Atualmente, a variedade de opções confunde e muitas vezes intimida o consumidor. Integral,…

Foi-se o tempo em que o leite era definido pelo tipo de embalagem. Atualmente, a variedade de opções confunde e muitas vezes intimida o consumidor. Integral, em pó, desnatado, com baixa lactose, ou até mesmo de origem vegetal. Difícil de escolher, mais ainda quando se desconhecem as especificidades ou indicações de cada um. Por isso, conheça algumas dicas sobre os tipos de leite e suas diferenças, aprenda também sobre os benefícios desse alimento.

Esclareça algumas dúvidas e saiba quais são os tipos de leite. (Foto: divulgação)

O leite é um alimento importante

O leite é um dos alimentos mais versáteis que o homem pode consumir. De modo puro ou transformado em derivados como manteiga, queijos e iogurtes, o leite oferece uma grande quantidade de nutrientes. Suas proteínas de alto valor biológico e níveis elevados de cálcio contribuem para o crescimento infantil, e evitam a perda de massa óssea tão comum na terceira idade. 

De acordo com a pirâmide alimentar, para uma alimentação balanceada, são indicadas três a quatro porções diárias de laticínio. Tais recomendações podem variar de acordo com a idade ou com as necessidades nutricionais de cada pessoa. Justamente por isso que existem tantas opções no mercado. 

O papel do leite na vida adulta

O Homem é o único ser que continua a consumir leite mesmo após o desmame na infância. Há quem diga que o organismo não é capaz de suportar tal hábito, sendo este a origem de muitos acometimentos gastrointestinais, como sensibilidade ou intolerância alimentar a partir de certa idade. Tal corrente sugere que o consumo de vegetais de folhas escuras seria a fonte alimentar mais indicada para suprir as necessidades nutricionais de um adulto, substituindo assim o consumo do leite. Apesar da polêmica, a maioria das sociedades médicas recomenda o consumo  e leite como a melhor fonte diária de cálcio.  

O leite desnatado tem menor teor de gordura. (Foto: divulgação)

Conheça os tipos de leite

  • De acordo o teor de gordura: essa é a classificação de leite com a qual a maioria dos consumidores está acostumada, Integral: apresenta a maior quantidade de gorduras saturadas, cerca de 3%. Mais indicado para crianças  e adolescentes, já que são ricos em nutrientes e contribuem para a fase de crescimento. 
    • Desnatado: apresenta 0,5% de gordura, por isso é considerado um leite magro É mais indicado para quem deseja perder peso ou precisa controlar os níveis de colesterol sanguíneo.
    • Semi-desnatado/ desnatado em pó: Apresenta de 2,9% a 0,6% de gorduras saturadas. É o mais indicado pelos nutricionistas já que não é tão calórico mas mantém o alto teor de nutrientes.  
  • De acordo com a produção: dependendo da forma que o leite é ordenhado, e pela quantidade de bactérias presentes, o tipo do leite pode ser A, B ou C. pasteurização é o processo responsável pela retirada das bactérias patogênicas presentes no leite, garantindo seu consumo em até 72 horas.
    • Os leites tipo A e B possuem menos bactérias não patogênicas, já que sua ordenha é realizada mecanicamente e o armazenamento é mais criterioso. A diferença está no teor calórico do tipo A, levemente maior quando comparado ao B.
    • O tipo C não necessita de técnicas especiais para ordenha e seu armazenamento até a usina de pasteurização pode ser feito em latões. Por esses motivos as bactérias estão presentes em maior quantidade nesse tipo de leite. Os leites armazenados em “caixinhas” , chamados “longa vida”, também são do tipo C, mas podem ser consumidos em até 180 dias por passarem por um processo mais específico, o UHT, responsável por eliminar completamente as bactérias presentes. 

Alergia e sensibilidade ao leite 

Para quem tem algum tipo de alergia aos componentes do leite, pode ser indicado o Leite de soja, que na verdade é uma bebida feita com o grão, livre de alérgenos mais comum, a lactose ou mesmo das proteínas do leite. É uma boa opção já que pode substituir o leite na maioria das receitas. O leite com baixa lactose, ou sem lactose é específico para aqueles com algum grau de intolerância à lactose, podendo ser consumido sem desencadear os sintomas desagradáveis como cólicas ou diarreia.  

Leites enriquecidos

O leite também pode ser enriquecido com os mais variados nutrientes. Ômega 3, benéfico para o controle dos níveis sanguíneos de colesterol e fortalecedor da imunidade, Ferro ou cálcio para complementar a alimentação, e fibras, que contribuem para um melhor funcionamento intestinal e também para  o controle do colesterol.  

Os leites de caixinha são do tipo C, mas passam pelo processo UHT. (Foto: divulgação)

O leite é um alimento muito importante na mesa do brasileiro, seja na forma líquida ou como seus derivados. Após conhecer um pouco mais sobre esse alimento, escolha a tipo de leite que mais se adapta às suas necessidades e tenha uma ótima saúde.

Leia Também:  Leite: Saiba Quais Seus Benefícios

Top