Tendências das passarelas nacionais para o verão 2012

As passarelas nacionais apresentaram em julho coleções com tendências fortes e bem comerciais. Para você que é antenada e adora moda, selecionamos seis tendências…

As passarelas nacionais apresentaram em julho coleções com tendências fortes e bem comerciais. Para você que é antenada e adora moda, selecionamos seis tendências desfiladas para o verão 2012, e três tipos de silhueta feminina para saber como usá-las no dia a dia. Confira!

Pantalona

O inverno 2011 trouxe a calça flare, agora para o verão temos a pantalona como must have da estação. O modelo de calça de corte amplo apareceu em desfiles de marcas como Animale, Cantão, Têca, Bianca Marques, Totem e Carlos Miele. A calça já ganhou as ruas e promete um look fresquinho e sofisticado, sem contar que alonga a silhueta. Pra adotar já!

Biótipos

Ampulheta: Para as mulheres de corpo ampulheta (medidas de ombro e quadris iguais, com cintura fina), opte pelos cortes secos e retos. Deixe de lado os modelos com pregas e qualquer outro detalhe que agregue volume. A cintura pode ser mais baixa.

Alta e Magra: Para as afortunadas, a escolha da pantalona de shape bem amplo, quase como uma saia, é a melhor aposta de modelo. As mulheres altas podem usar qualquer modelo, tudo liberado, inclusive o uso de sapatilhas e sapatos sem salto. Ô povo feliz!

Baixinha: As mulheres de estatura menor podem sim usar a pantalona, mas com algumas regrinhas. Esqueça os modelos muito amplos e elaborados, opte pelos mais simples possíveis e sem a barra italiana. Quer alongar? Se jogue no salto alto.

Bianca Marques - Totem - Carlos Miele

Animale - Cantão - Têca

Calça Curta/Cropped

Este modelo de calça é uma tendência revisitada das calças cigarretes lá dos anos 1950. Para o verão, as modelagens podem ser justas ou amplas, com pregas na parte da frente e volume. Marcas como Alexandre Herchcovith, Cori, TNG, Andrea Marques, Ellus e Huis Clos apostaram na calça cropped. Eu quero!

Biótipos

Ampulheta: As mulheres com curvas devem evitar os modelos de cintura alta, pois aumentam os quadris. Pernas e barras mais amplas disfarçam o volume dos quadris, e tornozelos grossos não ficarão em evidência.

Alta e Magra: Fuja dos modelos com barras muito afuniladas, isso deixa as pernas ainda mais finas. Se for muito magrinha, aposte em modelos com pregas e bolsos, isso proporciona um volume extra, e bem-vindo, aos quadris.

Baixinha: As baixinhas podem usar a calça cropped, sim, porém, evite os sapatos fechados e troque pelos que mostrem os pés, assim suas pernas ficam mais alongadas. Nem pense em sapatilhas! Vá direto para o salto alto.

Alexandre Herchcovitch - Cori - TNG

Andrea Marques - Ellus - Huis Clos

Top Curto/Cropped

Sem cair na sensualidade exagerada, o top cropped ganhou espaço e nova versão. Umbigo de fora? Jamais! Combinada à peças de cintura alta, o top curto pede por barrigas bem chapadas. A peça apareceu nas coleções de Animale, Têca, Lenny, Osklen, Coca-Cola Clothing e Coven.

Biótipos

Ampulheta: As encorpadas precisam ficar atentas, essa peça deixa os quadris em evidência e também dá volume ao busto. Mas não é pra desistir do top curto, minha gente! É só escolher os de modelagem ampla que cubra a linha da cintura. Modelos com estampas maxi ou muito justos estão fora de questão.

Alta e Magra: Ah, as afortunadas! Entre de corpo e alma nesta tendência se você possui altura para mais de 1,70m. Tops de manga comprida são opções excelentes, pois os braços finos favorecem esse modelo. As magras podem se jogar também, tá?

Baixinha: Notícia boa para as petits! Adote o top cropped juntamente com uma calça de cintura alta, a combinação alonga a silhueta. Aposte nas peças sem mangas, para não encurtar o tronco.

Osklen - Coca-Cola Clothing - Coven

Animale - Têca - Colcci

Macacão

A peça, que é um clássico da moda, tem muitos pontos positivos. A praticidade que envolve o macacão é algo único, quando acordamos apressadas e atrasadas nos jogamos na peça. Marcas nacionais como Água de Coco, Alexandre Herchcovitch, Andréa Marques, Cantão, Maria Bonita Extra e Maria Filó apostaram na peça em suas coleções.

Biótipos

Ampulheta: Curvilíneas se atentem quanto à modelagm da peça. Evite modelos de shape amplos, pois dão um efeito de quilos a mais. As peças de cintura marcada podem evidenciar busto e quadris, deixando o look meio esquisito. Aposte no macacão “meio-termo”, aquele que tenha a cintura marcada bem sutilmente e que seja um pouquinho solto.

Alta e Magra: Qualquer modelo fica bem nas mulheres deste biótipo. Modelos frente única, tomara que caia, de shape amplo ou com elástico na cintura caem como uma luva. Se jogue também nos de alfaiataria.

Baixinha: As baixinhas podem usar os modelos de pernas bem longas, mas não muito largas, e monocromáticos. Coloque uma plataforma e voilá! O macaquinho é outra ótima opção para as baixinhas.

Água de Coco - Alexandre Herchcovitch - Andrea Marques

Cantão - Maria Bonita Extra - Maria Filó

Imagens: ffw.com.br; google.com

Top