TelexFree: entenda o escândalo

A nova febre para ganhar dinheiro na internet é a TelexFree. Este modelo de negócio conta com quase um milhão de divulgadores e tem…

A nova febre para ganhar dinheiro na internet é a TelexFree. Este modelo de negócio conta com quase um milhão de divulgadores e tem influenciado a publicidade online em muitos aspectos. Estima-se que, durante um ano, o site movimentou R$ 300 milhões.

A TelexFree busca divulgadores online para o seu serviço de VOIP. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Como ganhar dinheiro com redes sociais

Como funciona o TelexFree?

A TelexFree é uma empresa que trabalha com a comercialização de VOIP, um serviço baseado na transmissão de voz através da tecnologia IP. Desta forma, as pessoas podem usufruir da telefonia via internet e economizar na conta de telefone fixo, principalmente quando se trata de ligações em longas distâncias.

Além de trabalhar com o serviço telefônico via internet, a TelexFree também investe muito em divulgação. A empresa trabalha com um sistema de marketing multinível binário, onde os internautas promovem a marca em anúncios online e faturam recompensas em dinheiro. A mecânica parece muito simples: anuncie e ganhe dinheiro, sem precisar indicar ninguém.

Os interessados em atuar como divulgadores do serviço de VOIP devem ter um contrato anual com a TelexFree. Há duas opções de negócio: o ADCentral, no qual o internauta paga US$ 299 e tem a promessa de alcançar ganho líquido de US$ 2.295,80 e o ADCentral Family, que representa um investimento de US$ 1.375, e pode gerar até US$ 11.599.

A TelexFree trabalha com marketing multinível binário. (Foto:Divulgação)

Caso a pessoa conquiste um novo divulgador para o sistema, ela também ganha dinheiro. A remuneração média de quem trabalha com TelexFree é de R$4 mil e R$ 8 mil por mês. São poucos aqueles que chegam a ganhar R$100 mil com este modelo de negócio.

Leia Também:  Taxa Selic - Taxa usada em operações entre os Bancos

O escândalo envolvendo TelexFree

Para fazer parte do esquema TelexFree, o cliente precisa realizar um investimento inicial e contar com a promessa de lucros, sustentada pela empresa de VOIP. No entanto, nos últimos tempos, o Ministério da Justiça e da Fazenda começaram a investigar este modelo de negócio.

A empresa que se tornou alvo de investigações é a Ympactus, responsável pelo serviço de telefonia pela internet TelexFree. Ela nega qualquer tipo de irregularidade com relação ao sistema de divulgadores, mas várias denúncias estão surgindo sobre o modelo de negócio.

A TelexFree está sendo alvo de investigações por possível pirâmide financeira. (Foto:Divulgação)

Algumas pessoas que investiram em TelexFree estão se sentindo lesadas financeiramente. As reclamações sobre o sistema já foram registradas em pelo menos sete estados: Minas Gerais, Espírito Santo, Acre, Paraná, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Pernambuco.

Nesta terça-feira (12), os fiscais do Ministério da Fazenda visitaram sede da empresa, que fica em Vitória (ES). Eles solicitaram uma série de documentos para investigar a suspeita de pirâmide financeira. No dia anterior a visita, o departamento jurídico pediu para que os divulgadores TelexFree retirassem os anúncios do ar “porque há muitos excessos que não são pactuados pela empresa”.

A Polícia Federal está investigando o possível golpe TelexFree com a suspeita de estelionato. O advogado da empresa de VOIP, no entanto, nega qualquer esquema de pirâmide ou promessa de enriquecimento ilícita.

Veja também: Como ganhar dinheiro nas horas livres: dicas

Top