Solidariedade mundial por bebê com síndrome de Down abandonado por casal

Solidariedade mundial por bebê com síndrome de Down abandonado por casal

Solidariedade mundial por bebê com síndrome de Down abandonado por casal mobiliza milhares de pessoas em todo mundo! Essa onda de solidariedade começou a…

Por Élida Santos em 04/08/2014

Solidariedade mundial por bebê com síndrome de Down abandonado por casal mobiliza milhares de pessoas em todo mundo! Essa onda de solidariedade começou a crescer no último domingo para ajudar a criança com síndrome de Down que foi rejeitada por um casal australiano. A história foi bem diferente da convencional, isso porque esse casal não teve a criança, mas sim contratou uma barriga de aluguel para dar a luz a um bebê para eles.  A barriga de aluguel da Tailândia teve dois bebês, sendo que um nasceu com síndrome de Down. O casal levou para a Austrália somente a criança que não teve nenhuma alteração genética detectada.

Solidariedade mundial por bebê com síndrome de Down abandonado por casal (Foto: Divulgação)

Leia mais informações sobre: Projeto Criança Esperança

Solidariedade mundial por bebê com síndrome de Down abandonado por casal

Solidariedade mundial por bebê com síndrome de Down abandonado por casal australiano aumenta a cada dia. Gammy e sua irmãzinha gêmea nasceram em dezembro de 2013 na Tailândia. A mãe biológica dos bebês Pattaramon Chanbua, recebeu 16.000 dólares australianos (14.900 dólares norte-americanos) para ter os bebês para os australianos, que não tiveram as identidades reveladas.

Saiba mais informações sobre: Solidariedade Pela Internet: Internautas Ajudam A Reconstruir O Rosto

 

Bebê que precisa de doações (Foto: Divulgação)

Casal pediu pelo aborto

Quando a mãe biológica dos bebês ficou sabendo que um deles tinha síndrome de Down os australianos pediram pelo aborto. A tailandesa disse que sua religião não permitia que ela fizesse isso. Chanbua, de 21 anos acabou ficando com o bebê com síndrome de Down.

Porém, a jovem não tem dinheiro para ficar com a criança, que demanda cuidados e um tratamento que deve ser feito ao longo da vida do bebê. Além de síndrome de Down a criança tem problemas cardíacos. A criança teve que ser hospitalizada por causa dos problemas de saúde que possui.

Peter Baines é fundador da Hands Across The Water, uma organização que administra as doações que vão ser direcionadas a mãe da criança, confirmou que o bebê está com uma doente e que tem uma infecção pulmonar.

Até o momento foram arrecadados cerca de 190.000 dólares pela internet para o tratamento do bebê. O líder da organização que cuida das doações vai pessoalmente entregar o dinheiro para a família do bebê.

Top