Sobras de materiais após a obra: o que fazer

Na hora de reformar ou construir um imóvel, muitos proprietários acabam tendo que lidar com o desperdício de materiais. Isto acontece quando os produtos…

Por Isabella Moretti em 18/03/2013

Na hora de reformar ou construir um imóvel, muitos proprietários acabam tendo que lidar com o desperdício de materiais. Isto acontece quando os produtos são comprados em excesso e resultam de um mau planejamento de obra.

Um bom planejamento precisa ser elaborado para evitar desperdício na obra. (Foto:Divulgação)

Saiba mais: Simulador de custos de materiais de construção

O desperdício de materiais

Para evitar o desperdício de materiais de construção, é necessário fazer o cálculo correto dos produtos que serão usados, como tintas, sacos de cimento e peças de acabamento. Também é importante manter o canteiro de obras organizado e evitar o deslocamento frequente dos materiais.

Se por acaso a obra chegar ao fim e restar materiais, a pessoa responsável pelo projeto precisa pensar em soluções viáveis. Ela não deve simplesmente descartar as sobras e nem reaproveitar tudo o que não foi usado.

O que fazer com as sobras de materiais de construção?

Confira a seguir algumas soluções para as sobras de materiais após a obra:

As sobras reaproveitáveis podem ser vendidas, doadas ou armazenadas. (Foto:Divulgação)

Organização pós-obra
Com o fim da obra, é fundamental organizar as sobras do projeto, separando os produtos que ainda podem ser usados e descartando os resíduos. Existe a possibilidade de guardar os materiais de forma ordenada para que eles possam ser usados em uma futura reforma.

Para que os materiais de construção não sejam danificados, é necessário se preocupar com o armazenamento. Por exemplo, os pisos que sobraram devem ser guardados em uma embalagem segura. Também é importante que o organizador tenha o cuidado de anotar a marca, o nome e o modelo. A mesma estratégia de organização deve ser adotada com as demais sobras.

Doação
Algumas pessoas não possuem espaço disponível para armazenar as sobras de materiais e nem têm a intenção de fazer uma reforma tão cedo. Nestes casos, vale a pena doar os produtos para quem precisa.

Venda das sobras
Com o fim da obra, o orçamento normalmente fica apertado por causa dos diversos gastos com a compra de materiais de construção e pagamento da mão de obra. O proprietário pode, então, vender as sobras por um preço abaixo do que pagou e fechar negócio com alguém que está construindo. Desta forma, ele não terá prejuízo financeiro.

As sobras não podem ser descartadas no meio ambiente de qualquer forma. (Foto:Divulgação)

Descarte das sobras
As sobras que não podem ser utilizadas devem ser descartadas de forma correta, ou seja, sem prejudicar o meio ambiente. Para se desfazer do entulho, é necessário contratar uma caçamba autorizada pela prefeitura para levar as sobras de materiais de construção até um aterro sanitário ou encaminhá-las às centrais de reciclagem.

Veja também: Como evitar o desperdício de material de construção

Top