Como evitar o desperdício de material de construção

Muitas pessoas buscam realizar o sonho de reformar ou construir a casa própria. No entanto, esta tarefa não é tão simples como parece. Além…

Por Isabella Moretti em 20/12/2012

Muitas pessoas buscam realizar o sonho de reformar ou construir a casa própria. No entanto, esta tarefa não é tão simples como parece. Além de possuir um bom planejamento em mãos, o proprietário do imóvel também precisa avaliar o seu orçamento disponível para investir, contratar uma equipe de profissionais competentes e comprar materiais de qualidade.

Para não desperdiçar material, é importante fazer os cálculos corretamente. (Foto:Divulgação)

O desperdício é um problema na construção e na reforma

Um dos principais problemas na hora de construir ou reformar a casa é o desperdício de material de construção. Os proprietários dos imóveis que enfrentam este tipo de problema normalmente são afetados por prejuízos financeiros e acabam encarecendo a obra sem ter necessidade.

O principal motivo para o desperdício está no cálculo errado da quantidade de materiais de construção. Quando o planejamento não é elaborado adequadamente, os responsáveis pela obra acabam exagerando na compra de itens para reformar ou construir. Boa parte destes materiais não é usada e apenas pesa no orçamento. Outros fatores também podem levar ao desperdício, como a má conservação.

Saiba mais: Material de construção sustentável: quais são

 Dicas para evitar desperdício de materiais de construção

Algumas dicas podem ajudar a não desperdiçar material de construção na obra. Confira:

1. A equipe multidisciplinar contratada para a obra deve ser orientada sobre como proceder para evitar o desperdício. Atitudes simples como cortar apenas as quantidades de tijolos e azulejos que serão necessárias ajudam a poupar material. Medir as fiações e preparar a quantidade exata de cimento também são formas de combater o desperdício;

O responsável pela obra não pode comprar material além do necessário. (Foto:Divulgação)

2. Os materiais de construção devem ser conservados para que o desperdício não aconteça. Por isso, os especialistas no assunto recomendam não usar locais abertos para o armazenamento. Situações de desmazelo podem comprometer a qualidade dos produtos e até resultar em perda total. Sacos de cimento, por exemplo, devem ser armazenados em locais secos e sem incidência direta de sol;

3. É importante comprar os materiais de construção apenas quando o projeto estiver concluído. Quando a aquisição é feita baseada no planejamento inicial, o rumo da obra pode mudar e resultar em desperdício;

4. Nem sempre é fácil calcular a quantidade exata ou aproximada de material que será usada na obra. Neste caso, vale a pena contratar profissionais especializados para realizar os cálculos mais complexos;

O armazenamento dos materiais requer cuidados. (Foto:Divulgação)

5. O proprietário do imóvel pode conversar com a equipe de profissionais e pedir a eles para que reduzam ao máximo o desperdício;

6. Ao começar a obra, não faça a compra de materiais de construção numa única vez. Comprar uma grande quantidade de produtos sem acompanhar o desenrolar da obra gera desperdício;

7. Materiais mais delicados, como as peças do acabamento, devem ser transportadas em um carrinho de mão para evitar danos.

Veja também: Melhor época para reformar, qual é

Top